POUSADA DA PAIXÃO

POUSADA DA PAIXÃO

COMERCIAL JR

COMERCIAL JR

VIP

VIP

RC TECIDOS

RC TECIDOS

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

NORDESTE MOTOS

NORDESTE MOTOS

segunda-feira, 7 de março de 2016

EX-PRESIDIÁRIO É BALEADO NO BAIRRO SANTA ROSA E MORRE NO HRA. A ROCAM PRENDEU OS ASSASSINOS EM FLAGRANTE.





Na noite deste domingo (06), foi registrado o terceiro homicídio do fim de semana em Caruaru e o fato o ocorreu na Rua da Malta, no bairro Santa Rosa e teve como vítima, o ex-presidiário, José Antonio Cruz, de 28 anos, que foi baleado na porta de casa, mas morreu no final da noite, no Hospital Regional do Agreste e o corpo foi encaminhado para o IML local.
O Sargento Patriota e os soldados Vandilson e J. Neto da Rocam, estavam passando pelo bairro, quando viram a vítima correndo baleada e alguns metros adiante caiu agonizando, os policiais foram até lá e socorreram a vítima levando-a ao Hospital Regional do Agreste, mas no trajeto obtiveram da mesma a informação de que o crime foi cometido por dois irmãos, Klecio de Lira Bezerra, de 32 anos e Geisonquin de Lira Bezerra, vulgo "Wolney" de 39 anos, que moram na Travessa Major Miguel Frias, no Santa Rosa, os policiais obtiveram informações do NIA (Núcleo de Inteligência do Agreste), sobre o paradeiro dos criminosos, fizeram várias incursões e conseguiram localizar e prender os assassinos em flagrante.

Os irmãos assassinos que conseguiram se desfazer da arma de fogo usada do assassinato, foram entregues no plantão da 1ª DP, onde a delegada Dra. Rita de Cássia, fez o flagrante de ambos pelo crime de homicídio triplamente qualificado, ela informou que os irmãos estavam em uma moto, sendo que o "Wolney" estava guiando e o irmão que foi o executor, estava na garupa e além de atirar na vítima que estava acompanhado da irmão e do pai, segurava uma criança de dois anos no colo, tomou os primeiros tiros, depois entregou o criança a irmã, saiu correndo e foi seguido pelo Klecio, que ainda efetuou outros disparos.


"Wolney"
Klecio.

A motivação segundo a delegada, foi o fato da vítima ter sido apontada como participe do crime de Siconed Lima Bezerra, de 33 anos, que foi assassinado a facadas, foi esquartejado e teve os órgãos genitais, nádegas, mãos e a cabeça queimados em dois caldeirões num ritual de magia negra. Crime ocorrido há 7 anos e na ocasião foi preso o pai de santo, Jandeilson Mendonça de Queiroz, de 23 anos, que foi condenado há 20 anos de prisão e continua preso, a viúva da vítima também foi presa na época, acusada de ser a mandante do crime.