TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CENTRAL BURGUER

CENTRAL BURGUER

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

DAS 50 CIDADES MAIS VIOLENTAS DO MUNDO 21 ESTÃO NO BRASIL.


Um dos maiores problemas enfrentados pelo Brasil é a violência, que é medida pelo número de homicídios registrados em comparação com a quantidade de habitantes existentes na mesma cidade. O Brasil é o país do mundo com o maior número de cidades entre as mais violentas, no ano de 2015, de acordo com um ranking internacional publicado no último dia 25 de novembro.

A lista é divulgada todos os anos pelo Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal, incluindo apenas cidades com mais de 300 mil habitantes.

Segue a lista das 50 cidades: 1° - Caracas (Venezuela) - 119.87 homicídios/100 mil habitantes. 2° - San Pedro Sula (Honduras) - 111.03. 3° - San Salvador (El Salvador) - 108.54. 4° - Acapulco (México) - 104.73. 5° - Maturín (Venezuela) - 86.45. 6° - Distrito Central (Honduras) - 73.51. 7° - Valencia (Venezuela) - 72.31. 8° - Palmira (Colômbia) - 70.88. 9° - Cidade do Cabo (África do Sul) - 65.53. 10° - Cali (Colômbia) - 64.27. 11° - Ciudad Guayana (Venezuela) - 62.33. 12° - Fortaleza (Brasil) - 60.77. 13° - Natal (Brasil) - 60.66. 14° - Salvador e região metropolitana (Brasil) - 60.63. 15° - ST. Louis (Estados Unidos) - 59.23. 16° - João Pessoa (Brasil) - 58.40; 17° - Culiacán (México) - 56.09; 18° - Maceió (Brasil) - 55.63; 19° - Baltimore (Estados Unidos) - 54.98; 20° - Barquisimeto (Venezuela) - 54.96; 21° - São Luís (Brasil) - 53.05; 22° - Cuiabá (Brasil) - 48.52; 23° - Manaus (Brasil) - 47.87; 24° - Cumaná (Venezuela) - 47.77; 25° - Guatemala (Guatemala) - 47.17; 26° - Belém (Brasil) - 45.83; 27° - Feira de Santana (Brasil) - 45.50; 28° - Detroit (Estados Unidos) - 43.89; 29° - Goiânia e Aparecida de Goiânia (Brasil) - 43.38; 30° - Teresina (Brasil) - 42.64; 31° - Vitória (Brasil) - 41.99; 32° - Nova Orleans (Estados Unidos) - 41.44; 33° - Kingston (Jamaica) - 41.14; 34° - Gran Barcelona (Venezuela) - 40.08; 35° - Tijuana (México) - 39.09; 36° - Vitória da Conquista (Brasil) - 38.46; 37° - Recife (Brasil) - 38.12; 38° - Aracaju (Brasil) - 37.70; 39° - Campos dos Goytacazes (Brasil) - 36.16; 40° - Campina Grande (Brasil) - 36.04; 41° - Durban (África do Sul) - 35.93; 42° - Nelson Mandela Bay (África do Sul) - 35.85; 43° - Porto Alegre (Brasil) - 34.73; 44° - Curitiba (Brasil) - 34.71; 45° - Pereira (Colômbia) - 32.58; 46° - Victoria (México) - 30.50; 47° - Johanesburgo (África do Sul) - 30.31; 48° - Macapá (Brasil) - 30.25; 49° - Maracaibo (Venezuela) - 28.85; 50° - Obregón (México) - 28.29.

De acordo com a lista divulgada percebemos que a violência está ganhando a guerra contra as instituições de segurança do Brasil. Uma das explicações, é a falta de valorização dos profissionais de segurança pública, que atuam nesse combate tão difícil e diário para proteger a vida dos cidadãos e as vezes perdem a própria vida.


Gostaria, mais uma vez de solicitar a contribuição de todos os leitores e internautas para que você deixe sua contribuição, e opine, por qual motivo o país está com esse índice alarmante de violência. Se você concorda que o problema é a falta de valorização do profissional ou outro problema como as leis muito brandas, a impunidade, enfim, participe conosco interagindo pelo meu e-mail pessoal: ericklessa04@gmail.com. Fique atento a próxima edição, que é divulgada todas as segundas aqui no blog do Adielson Galvão.