TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CENTRAL BURGUER

CENTRAL BURGUER

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

segunda-feira, 6 de março de 2017

COLUNA A HORA DA CIDADANIA COM O DELEGADO ERICK LESSA

Resultado de imagem para erick lessa

ACIDENTE EXPÕE FALHA NO TRANSPORTE DE TRABALHADORES

No último dia 2 de março, houve um acidente gravíssimo, com um caminhão que transportava trabalhadores que se deslocavam do distrito de Alto Bonito e da cidade de São Joaquim do Monte-PE a Cupira-PE, para o trabalho em um plantio de tomates. O acidente ocorreu especificamente em uma ladeira conhecida como Ladeira de Zé Cândido, no sítio Serra Verde, de Aprígio, em Cupira-PE.

Estavam sendo transportados na carroceria do caminhão, em sua maioria em pé, aproximadamente 30 pessoas. No acidente ficaram lesionadas 21 pessoas e outras 3 vieram a óbito. É fato que esse tipo de transporte não é raro em nossas cidades, principalmente na Zona Rural, e esse não é o único acidente grave a que tivemos notícias.
Diante desse cenário, a grande questão encontra-se na conscientização dos trabalhadores que se submetem a esse tipo de transporte, na maioria das vezes por extrema necessidade e até por falta de opção, mas também cabe às pessoas que contratam essa mão de obra observar e fiscalizar os veículos que são utilizados para o deslocamento dos agricultores, que devem contar com os requisitos de segurança.

Logicamente as autoridades também precisam fiscalizar esse transporte, principalmente em estradas da Zona Rural do nosso nordeste, a fim de coibir essa prática que expõe a vida de homens do campo, como no caso relatado, em busca do sustento de sua família.

As causas do acidente estão sendo apuradas e os responsáveis serão investigados, e se for verificada a responsabilidade deverão comparecer perante as autoridades policiais e judiciárias para apresentar suas defesas e submeterem-se às malhas da Lei. Que fique a lição para os contratantes dessa mão de obra, mas também para os profissionais do campo, no uso desse tipo de transporte.


Fica a reflexão. Fique atento à próxima edição, que é divulgada todas as segundas-feiras aqui no blog do Adielson Galvão.