TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CENTRAL BURGUER

CENTRAL BURGUER

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

sexta-feira, 5 de maio de 2017

“OPERAÇÃO RONE” PRENDE EM RIACHO DAS ALMAS, INTEGRANTES DE QUADRILHA ESPECIALIZADA EM ROUBAR E CLONAR VEÍCULOS NA REGIÃO











A Polícia Militar, dando continuidade a Operação RONE (Rondas Ostensivas de Natureza Extraordinária) na manhã desta quinta-feira (04) prendeu três pessoas envolvidas em roubos e clonagens de veículos. A ação teve inicio com a equipe do NIA (Núcleo de Inteligência do Agreste) que obteve a informação de que uma determinada chácara, as margens da PE 95, no Sítio Serra Verde, entre Caruaru e Riacho das Almas, estava sendo usada para clonar veículos usados, nisso o NIA acionou a ROCAM, o BEPI e a CIPCães, que foram ao local e localizaram cinco carros roubados, sendo duas picapes Hilux, duas Strada e dois Honda Civic, além de duas motocicletas roubadas e ainda localizaram dois revólveres calibre 38 com 43 munições e uma espingarda calibre 12 com três cartuchos.
"Toinho Lucena"



Na chácara foram presos, o dono do imóvel, Antonio Gilson Cavalcante de Lucena, vulgo “Toinho Lucena” de 58 anos e o jovem, Igor Henrique Soares de Lima, de 28 anos, residente na Rua Dr. Zadir Barbosa de Oliveira, no bairro José Carlos de Oliveira, que tentava se evadir numa moto e localizaram ainda seis  bloqueadores de rastreadores, além de onze pares de placas clonadas que seriam colocadas nos veículos roubados pelos acusados. Indagando os criminosos o “Toinho Lucena” informou que havia mais um carro roubado em um determinado estacionamento em Caruaru, os PMs foram ao local e recolheram mais esse carro e após realizarem incursões, prenderam Rhenan Henrique Siqueira, de 20 anos, morador da Rua 44, no bairro Universitário e localizaram com o mesmo mais um revólver calibre 38.

O Sargento Melo da ROCAM e o Sargento Cristiano do BEPI, disseram que há um forte indício de que esses elementos tenham ligação com as quadrilhas especializadas em roubos e arrombamentos de bancos e que certamente comercializavam alguns veículos como essas caminhonetas que são muito utilizadas pelas quadrilhas que agem hoje em todo o país. Eles disseram ainda que o Igor Henrique já foi preso por receptação, que o “Toinho Lucena” era o responsável pela clonagem e que o Rhenan era o responsável por comercializar os veículos, inclusive uma picape Hilux era negociada pelo valor variando entre 6 e 8 mil Reais.  O Rhenan foi reconhecido de ter participado de um dos assaltos ocorrido na última segunda-feira.

O delegado Dr. Alberes Cristiani Costa, disse que autuou os criminosos pelos crimes de associação criminosa, adulteração de veículo automotor, posse e porte ilegal de arma de fogo e receptação, em seguida os encaminhou á Cadeia Pública de Riacho das Almas. A autoridade policial adiantou que o inquérito policial foi instaurado e que vai tentar identificar e prender o restante da quadrilha.