TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

DONA MACAXEIRA

DONA MACAXEIRA

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

sexta-feira, 5 de maio de 2017

“OPERAÇÃO RONE” PRENDE EM RIACHO DAS ALMAS, INTEGRANTES DE QUADRILHA ESPECIALIZADA EM ROUBAR E CLONAR VEÍCULOS NA REGIÃO











A Polícia Militar, dando continuidade a Operação RONE (Rondas Ostensivas de Natureza Extraordinária) na manhã desta quinta-feira (04) prendeu três pessoas envolvidas em roubos e clonagens de veículos. A ação teve inicio com a equipe do NIA (Núcleo de Inteligência do Agreste) que obteve a informação de que uma determinada chácara, as margens da PE 95, no Sítio Serra Verde, entre Caruaru e Riacho das Almas, estava sendo usada para clonar veículos usados, nisso o NIA acionou a ROCAM, o BEPI e a CIPCães, que foram ao local e localizaram cinco carros roubados, sendo duas picapes Hilux, duas Strada e dois Honda Civic, além de duas motocicletas roubadas e ainda localizaram dois revólveres calibre 38 com 43 munições e uma espingarda calibre 12 com três cartuchos.
"Toinho Lucena"



Na chácara foram presos, o dono do imóvel, Antonio Gilson Cavalcante de Lucena, vulgo “Toinho Lucena” de 58 anos e o jovem, Igor Henrique Soares de Lima, de 28 anos, residente na Rua Dr. Zadir Barbosa de Oliveira, no bairro José Carlos de Oliveira, que tentava se evadir numa moto e localizaram ainda seis  bloqueadores de rastreadores, além de onze pares de placas clonadas que seriam colocadas nos veículos roubados pelos acusados. Indagando os criminosos o “Toinho Lucena” informou que havia mais um carro roubado em um determinado estacionamento em Caruaru, os PMs foram ao local e recolheram mais esse carro e após realizarem incursões, prenderam Rhenan Henrique Siqueira, de 20 anos, morador da Rua 44, no bairro Universitário e localizaram com o mesmo mais um revólver calibre 38.

O Sargento Melo da ROCAM e o Sargento Cristiano do BEPI, disseram que há um forte indício de que esses elementos tenham ligação com as quadrilhas especializadas em roubos e arrombamentos de bancos e que certamente comercializavam alguns veículos como essas caminhonetas que são muito utilizadas pelas quadrilhas que agem hoje em todo o país. Eles disseram ainda que o Igor Henrique já foi preso por receptação, que o “Toinho Lucena” era o responsável pela clonagem e que o Rhenan era o responsável por comercializar os veículos, inclusive uma picape Hilux era negociada pelo valor variando entre 6 e 8 mil Reais.  O Rhenan foi reconhecido de ter participado de um dos assaltos ocorrido na última segunda-feira.

O delegado Dr. Alberes Cristiani Costa, disse que autuou os criminosos pelos crimes de associação criminosa, adulteração de veículo automotor, posse e porte ilegal de arma de fogo e receptação, em seguida os encaminhou á Cadeia Pública de Riacho das Almas. A autoridade policial adiantou que o inquérito policial foi instaurado e que vai tentar identificar e prender o restante da quadrilha.