TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

DONA MACAXEIRA

DONA MACAXEIRA

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

NORDESTE RASTREAMENTO

NORDESTE RASTREAMENTO

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

COLUNA HORA DA CIDADANIA COM O DELEGADO ERICK LESSA


GAROTO FOI DEIXADO PELO PAI EM CELA DE PRESÍDIO COM 7 ESTUPRADORES!

No último dia de setembro do corrente ano um garoto de 13 anos foi localizado em uma cela da Colônia Agrícola Major Cesar Oliveira, localizada no município de Altos, situada a 38 km de Teresina, capital do Piauí.

Conforme repassado pelos agentes penitenciários, o menino foi encontrado debaixo da cama de um detento que está preso por estupro. Os agentes penitenciários suspeitaram de ações dos detentos e resolveram realizar uma varredura e acabaram por identificar o adolescente na referida cela. Isso se deu após o momento da visita, e inclusive o menino foi visitar, com sua família, o homem com quem ele foi encontrado.

Com o início da investigação verificou-se que outros 6 detentos, que se encontravam presos na mesma cela que o menino estava, também estão recolhidos pela prática do crime de estupro. Além disso, o pai do garoto que deixou o adolescente naquele presídio também já foi preso pelo crime de estupro, inclusive já ficou recolhido naquela ala do estabelecimento prisional, que é reservada para homens que respondem a tal crime.

As investigações iniciais também apontaram para que o homem, amigo da família do jovem, molestou o garoto, tocando em suas partes íntimas, apesar de, segundo o que restou verificado na perícia médico-legal, não houve penetração.

As últimas informações dão conta da perda do pátrio poder do pai em relação ao referido garoto-vitimado e dos irmãos dele, outras crianças de 8, 9 e 12 anos, e também o decreto de prisão pelo judiciário que analisou o caso.

Em mais uma oportunidade, escrevemos nessa coluna até como forma de alertar a sociedade em geral e os pais de família, acerca de um caso que chocou todo o país, principalmente pela exposição da vítima a homens que respondem pelo crime de estupro, e o pior: essa exposição foi estabelecida pelo seu próprio pai.

Ficamos nos perguntando, onde a humanidade vai parar, diante de tanta promiscuidade, tanta perversão, provocadas por mentes doentias?


Fica a reflexão. Esteja atento à próxima edição da coluna Hora da Cidadania, que é divulgada todas as segundas-feiras. Você pode dar sugestão de temas, fazer críticas e elogios através do e-mail: ericklessa04@gmail.com.

COLETIVO TURISMO