AUTO VIP

AUTO VIP

TEFNET

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

CASA DO CAMPÔNES

CASA DO CAMPÔNES

GIVALDO RECON PEÇAS

GIVALDO RECON PEÇAS

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

SE ENTREGOU A POLÍCIA SEGUNDO ACUSADO DO LATROCÍNIO OCORRIDO HÁ DUAS SEMANAS NO JOÃO MOTA EM CARUARU

Alisson.
Felipe.

Foi apresentado no final da tarde dessa quarta-feira (04), na 20ª Delegacia de Homicídios de Caruaru, Alisson Santiago Oliveira da Silva, de 18 anos, que é sobrinho do Felipe Santiago Oliveira da Silva, de 25 anos, que mora na 3ª Travessa São Caetano, no bairro Centenário e que também é acusado desse crime e foi preso na tarde de ontem pelos investigadores da 20ª Delegacia de Homicídios.

 Ambos são acusados de terem cometido o latrocínio do pedreiro, Adeildo Pereira da Silva, de 48 anos, que foi assassinado a tiros na manhã da segunda-feira (18 de setembro desse ano), na avenida principal do bairro João Mota e que segundo a investigação após ceifarem a vida da vítima a tiros, os acusados abandonaram a moto e fugiram a pé.

O advogado Dr. Flávio Amorim que foi contratado pelas famílias dos acusados juntamente com a Dra. Flávia Fernanda, disse que os dois rapazes são inocentes, inclusive que uma mulher que é testemunha ocular do latrocínio, se pronunciou através das redes sociais de que os dois acusados não cometeram o delito e em relação ao Alisson o advogado falou que existe um álibi fortíssimo que é o fato dele possuir uma pastelaria na feira da sulanca e naquela manhã, o mesmo estava na feira.

O delegado chefe da 20ª Delegacia de Homicídios, Dr. Márcio Cruz, ressaltou que não tem dúvidas de que o crime foi cometido pelos dois acusados e que o inquérito é tão robusto e contundente que o juiz expediu lego as duas prisões preventivas pelo conjunto de provas contra os imputados.


Pelo que foi apurado até o momento, eles já tinham cometido cinco assaltos naquela manhã, num deles tomaram uma moto NXR 300, mas a moto deu problema e como a vítima estava indo para o trabalho foi abordada por eles e como demorou um pouco para entregar a moto, foi morto pelos dois marginais.