TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

DONA MACAXEIRA

DONA MACAXEIRA

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

HOJE OCORRE A PRIMEIRA AUDIÊNCIA DA MORTE DO SUB-TENENTE BARROS

O Sub-Tenente Barros, foi morto dentro de casa.
Flávio Severino, foi morto pelo policial.
"Nando" confessou a participação no crime.
Está marcada para as 9 horas da manhã desta segunda-feira (13), no Forum de Caruaru, a primeira audiência de um dos acusados do latrocínio do policial militar, José Rogério da Silva Barros, de 47 anos, que foi morto dentro de casa, no dia 20 de janeiro do ano passado, no Alto do Moura ao reagir a um assalto e na troca de tiros com os bandidos matou Flávio Severino de Torres, os outros conseguiram fugir, passados alguns dias foi preso em Alagoas, Fernando Amaro da Costa, de 21 anos e em Bezerros a Polícia Militar prendeu Israel Esnande da Silva Santos, vulgo “Branco” de 30 anos, que está preso na Penitenciária Juiz Plácido de Souza em Caruaru e será levado para o fórum para participar dessa audiência que já pode dar a sentença dos criminosos.

"Branco" também é suspeito das mortes de Manzinho e de "Nildo Bocada", que eram irmãos e foram mortos há um ano.
Relembre o caso, o Sub-Tenente Barros, possuía uma loja de confecções ao lado da casa e havia uma passagem para o imóvel e naquela tarde de 20 de janeiro do ano passado, um dos marginais chegou e encontrou a porta da lojinha fechada, ele bateu a porta que era de vidro e a filha do policial que era uma adolescente imaginou que se tratava de um cliente e abriu a porta, ele entrou e anunciou o assalto, nisso os outros dois comparsas também entraram e ao entrarem na casa renderam o policial que reagiu, houve troca de tiros, na qual morreram ele e o marginal Flávio Severino e os outros bandidos conseguiram fugir.