AUTO VIP

AUTO VIP

TEFNET

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

NORDESTE RASTREAMENTO

NORDESTE RASTREAMENTO

CFC MONTEIRO

CFC MONTEIRO

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

quinta-feira, 29 de março de 2018

NIA E MALHAS DA LEI PRENDEM O TERCEIRO ACUSADO DE MATAR CASAL HÁ UM MÊS NO BAIRRO CENTENÁRIO EM CARUARU


No final da manhã desta quinta-feira (29), o NIA (Núcleo de Inteligência do Agreste) e a Equipe Charles da Operação Malhas da Lei, prenderam no bairro José Carlos de Oliveira, Renato Cícero da Silva, vulgo “Sapo” de 27 anos, que mora na Rua Professora Maria Vitorino, no bairro Centenário.



Ele já foi o terceiro preso acusado da morte do casal, Jadiel Alexandre Lima da Silva, de 37 anos e esposa dele, Ana Karla Maria da Silva, conhecida por “Bilisco” de 35 anos, que foram mortos. Jadiel foi morto a pedradas na madrugada do dia 25 de fevereiro na Rua da União e a esposa foi apedrejada e atingida com dois tiros na cabeça na Rua do Degredo e morreu no dia seguinte no HRA.
Weslley.
"Filipe Gigante"
Ontem foram presos, Eudes Filipe Paixão da Silva, vulgo “Filipe Gigante” de 30 anos e Weslley Diego Ferreira da Silva, vulgo “Lelo” de 25 anos, que já haviam sido presos por assalto e negaram a autoria do duplo assassinato.

Agora só falta a polícia conseguir localizar o quarto acusado de ter cometido esse crime brutal, Carlos Alexsandro Chagas da Silva, vulgo “Ataliba” de 23 anos, e para isso solicita a ajuda da sociedade denunciando o seu paradeiro através do Disque-Denúncia Agreste (81) 3719-4545 ou o Whatsapp da Divisão de Homicídios (81) 9 9488-7042 e nos dois canais a polícia garante o anonimato.

O delegado titular da 20ª Delegacia de Homicídios de Caruaru, Dr. Rodolfo Bacelar, disse que pelas investigações fica claro que os indivíduos mataram as vítimas porque o casal devia a traficantes da área, eles eram usuários de drogas, teriam comprado o entorpecente e não pagaram, por isso foram mortos e a investigação agora tenta comprovar se os autores mataram as vítimas a mando de traficantes ou se eles mesmos estariam traficando e mataram as vítimas como um acerto de contas.

O terceiro acusado preso será submetido ao exame traumatológico no IML e em seguida será encaminhado á Penitenciária Juiz Plácido de Souza, onde ficará a disposição da justiça.