AUTO VIP

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

DRIVE TOUR BRASIL

DRIVE TOUR BRASIL

domingo, 17 de dezembro de 2017

HOMEM ACUSADO DE MANDAR MATAR ENFERMEIRA MICHELINE É ASSASSINADO EM GARANHUNS


 

Um homem foi assassinado na manhã deste sábado (16/12) na Avenida Júlio Brasileiro, em Garanhuns. A vítima foi identificada como Moacir José Bezerra Filho, de 36 anos, que era conhecido como “Moacizinho”, ele foi assassinado a tiros por dois elementos que estavam em uma moto.

Moacir era ex-presidiário, foi preso no ano de 2010 acusado de mandar matar a ex-companheira, a enfermeira Micheline Urquisa de Araújo, o crime ganhou grande repercussão na cidade. Na época, Micheline chegava em casa no bairro São José, quando foi abordada por um elemento que anunciou um assalto, efetuou um disparo de arma de fogo e fugiu levando o carro que ela estava.

As investigações da Polícia Civil apontaram que Moacir foi o mandante do crime, ele foi preso e ganhou liberdade no ano de 2014. Micheline era prima de Moacir e estava separada dele há alguns meses antes de ser assassinada. O crime aconteceu uma semana depois da primeira audiência de separação judicial. Outro elemento que teria participado do crime, este, que seria o executor do disparo que vitimou a enfermeira também foi morto quando ainda cumpria pena no C.R.A. – Presídio de Canhotinho no Agreste do Estado.

De acordo com a Polícia Civil, Moacir José estava residindo atualmente na Capital de Alagoas, Maceió. Ele veio a Garanhuns no dia de ontem visitar seu pai que está passando por problemas de saúde. Ao sair da casa do pai, por volta das 7h50m de hoje, para ir à padaria que fica a poucos metros, foi surpreendido pelo assassino que iniciou uma série de disparos de arma de fogo, vindo ele a ser atingido e correu para dentro da padaria, mas o assassino foi atrás e o executou com tiros na cabeça, já nos fundos do estabelecimento.

Inicialmente a Polícia Civil investiga se o crime tem ligação com a morte da ex-companheira.

Policiais da Delegacia Especializada em Apuração de Homicídios (DEAH) estiveram no local e encaminharam o corpo para o Instituto de Medicina Legal-IML na cidade de Caruaru/PE.


O assassinato será investigado pela 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns (22ª DPH) quem tem como titular o delegado João Lins.