AUTO VIP

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

DRIVE TOUR BRASIL

DRIVE TOUR BRASIL

sábado, 24 de novembro de 2018

JULGAMENTO DE TRIO DE CANIBAIS É ADIADO APÓS ADVOGADO NÃO COMPARECER AO TRIBUNAL NO RECIFE



O julgamento do trio conhecido como “Canibais de Garanhuns”, acusados de assassinar, esquartejar, consumir e vender carne humana dentro de salgados, foi adiado nesta sexta-feira (23). O advogado de um dos réus não compareceu ao tribunal e, com isso, o júri foi adiado para o dia 14 de dezembro.

Os três seriam julgados pelas mortes de Alexandra da Silva Falcão, 20 anos, e Gisele Helena da Silva, 31 anos, ocorridas em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. A sessão estava marcada para o Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, na Ilha Joana Bezerra, no Centro do Recife.

O trio já foi condenado anteriormente pela morte de Jéssica Camila da Silva Pereira, 17 anos, em maio de 2008.

O advogado de Jorge Beltrão Negromonte da Silveira não compareceu ao Fórum. O juiz Ernesto Bezerra Cavalcanti determinou, inicialmente, que apenas o julgamento de Jorge fosse adiado para o dia 14 de dezembro e que a Defensoria Pública fosse acionada para evitar um novo adiamento.

Os defensores de Isabel Cristina Pires da Silveira e Bruna Cristina Oliveira da Silva se retiraram do tribunal como forma de protesto e, sem a presença dos advogados, o juiz determinou também o adiamento do júri das duas.

O magistrado afirmou, ainda, que mandaria ofício à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), ao Ministério Público de Pernambuco e ao Conselho de Magistratura devido a postura dos dois advogados de abandonar a sessão do júri.