AUTO VIP

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

COLUNA DO DELEGADO LESSA




Corrupção mata, é preciso ser combatida

Parece que ainda precisamos compreender melhor os males da corrupção. Vivemos no país do “jeitinho brasileiro”, do “rouba, mas faz”. Pensamentos dessa natureza buscam amenizar um dos maiores atos de perversidade produzidos pelo ser humano: a corrupção.
Segundo o dicionário, “corrupção” significa “decompor”. Podemos, assim, fazer uma comparação: da mesma forma que fungos e bactérias decompõem (ou seja, estragam) os alimentos, a corrupção pode estragar toda uma nação.

Pesquisas mostram que nos países onde há muita corrupção, o desenvolvimento social não acompanha o crescimento econômico. A Índia é um exemplo disso, porque seu Produto Interno Bruto (PIB) cresce em média 5% ao ano, mas a maior parte de sua população está abaixo do nível de pobreza. De certa forma, o Brasil é assim também. Somos a 9ª potência mundial, mas estamos na 79ª posição no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Para conscientizar a população sobre os males da corrupção, no dia 09 de novembro de 2003 foi assinada por 101 países – inclusive o Brasil – a Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção. Por isso, essa data representa o Dia Internacional contra a Corrupção.

É preciso que todos saibamos que corrupção mata, pois desvia recursos que iriam para setores fundamentais, como saúde, educação e infraestrutura. Portanto, a corrupção precisa ser combatida com instituições fortes, controle social e transparência. Se todos exercermos nossa cidadania, viveremos em uma sociedade mais justa e feliz.