AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

RC TECIDOS

RC TECIDOS

GBest SPORT

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

COLUNA DO DELEGADO LESSA




Reflexões e desafios para o Ano Novo

Chegamos ao fim de 2018. Um ano que ficará marcado na história, devido aos inúmeros fatos que repercutirão por muito tempo. Neste momento, é importante avaliar um pouco o que aconteceu e projetar ações para o ano que vai começar.

Na área da Segurança Pública em Pernambuco, conseguimos perceber muitos avanços, embora ainda exista muito o que melhorar. Dados da Secretaria de Defesa Social (SDS) mostram que houve 3.232 assassinatos entre os meses de janeiro e setembro de 2018. O número é consideravelmente menor do que os 5.427 assassinatos registrados em 2017 – o maior índice em 14 anos.

Em Caruaru, contabiliza-se, até o momento, 166 homicídios durante este ano. Em 2017, foram 262. Entre outras medidas, vale ressaltar o trabalho do 1º Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (Biesp) na Capital do Agreste, que em um ano de atuação (completado em novembro) vem atuando de forma intensa e integrada no combate a assaltos, tráfico de drogas, porte ilegal e desarticulação de grupos de extermínio.

Enquanto celebramos os números positivos, devemos estar sempre atentos. Crimes contra agência bancária, violência contra a mulher, falta de oportunidade para a juventude são alguns dos fatores que merecem uma maior atenção do Estado. Além disso, a criminalidade se reinventa a todo momento, até mesmo utilizando a tecnologia a seu favor. É urgente que seja feito um ‘upgrade’ para que as polícias possam enfrentar os criminosos com recursos de inteligência e de estrutura, além da coragem e da vocação.

Além das ações de responsabilidade do poder público, cabe a cada cidadão compreender o seu papel na sociedade. A construção de uma cultura de paz é um dever de todos nós, implementando o amor fraternal em nosso cotidiano, nas nossas relações com familiares, colegas e vizinhos. Para tanto, é válido lembrar de uma recomendação bíblica, do apóstolo Paulo. No final do capítulo 13 da primeira carta aos Coríntios, ele diz que há três sentimentos que devem nos servir de guia: a fé, a esperança e o amor; “e o maior deles é o amor”. Que o amor a Deus e ao nosso próximo seja a marca do ano que vai começar!