AUTO VIP

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

segunda-feira, 20 de maio de 2019

“POLÍCIA FEDERAL APREENDE 3.7KG (TRÊS QUILOS E SETECENTOS GRAMAS) DE COCAÍNA NO AEROPORTO INTERNACIONAL DOS GUARARAPES E PRENDE UMA BRASILEIRA POR TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS”.








A Polícia Federal em Pernambuco, prendeu em flagrante no dia 16/05/2019, por volta das 9h, no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre LUCY ANA FERNANDES BARBOSA, brasileira, solteira, 38 anos, cozinheira, natural e residente em Tabatinga/AM-(possui antecedentes criminais-já foi presa por tráfico de drogas).

A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina da Delegacia de Repressão a Entorpecentes-DRE, destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de drogas no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais ao selecionarem alguns passageiros para uma entrevista prévia e fiscalização da bagagem, perceberam através do aparelho de raios x, a existência de um fundo falso e uma substância densa escondida em toda a estrutura da mala com características de substância entorpecente.

A ação teve seu desfecho final quando diante dessa constatação, os policiais ao procederem a abertura de sua mala encontram 3,7kg (três quilos e setecentos gramas) de cocaína pastosa acondicionada em plásticos escuros.

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido a droga encontrada, a suspeita recebeu voz de prisão em flagrante foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida seguiu para a Superintendência da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde acabou sendo autuada pela prática do crime contido nos artigos 33 e 40 inciso V da Lei nº 11.343/2006 (tráfico interestadual de entorpecentes) e caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão.

Após a autuação, a presa realizou Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, passou pela audiência de custódia onde foi CONFIRMADA SUA PRISÃO PREVENTIVA para em seguida ser conduzida para o Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE. Além da droga também foram apreendidos um telefone celular e alguns documentos relativos a viagem.

Pela forma de apresentação a droga é de origem Colombiana. Em seu interrogatório a brasileira deu poucos detalhes sobre sua participação com o tráfico e acerca das pessoas que a aliciaram para transportar a droga até o seu destino final que era Belo Horizonte/MG. E por fim disse que recebeu apenas R$ 500 reais para custear suas despesas até chegar em outro estado.