AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

FOCUS CURSOS

FOCUS CURSOS

segunda-feira, 2 de março de 2020

COLUNA DO DELEGADO LESSA




Demissão de professores revela descaso com a Educação

Aproximadamente 100 professores contratados da rede municipal de Caruaru foram demitidos na manhã da última sexta-feira, 28. A denúncia foi do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caruaru (Sismuc). De acordo com o que foi veiculado na imprensa, profissionais com quase 20 anos de atuação perderam o emprego. Até agora, o poder público municipal não emitiu qualquer esclarecimento sobre essas demissões em massa.

O fato é preocupante por vários motivos. O prejuízo que a falta desses professores pode provocar no processo de ensino-aprendizagem é o mais nítido. Estamos no início do ano letivo, e a presença constante dos educadores em sala de aula é essencial para o bom desempenho das práticas pedagógicas. Nosso município ainda tem muito avançar, inclusive no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), e a falta de professores representa um retrocesso no ensino.

Também causa preocupação a forma desordenada da ação. Segundo o Sismuc, não houve motivação para a exoneração dos profissionais, que certamente ficaram com os rendimentos comprometidos. Aqueles que dedicam suas vidas para ensinar as nossas crianças merecem valorização, não podem ser tratados com indiferença. Porém, as ações de quem está no poder seguem na contramão do que é apresentado nas propagandas vistas pelos quatro cantos da cidade.

O silêncio da gestão municipal, sem esclarecer as causas dessas demissões, é um sintoma de um governo desarticulado, com sérias dificuldades de dialogar com a população – e até com os profissionais que integram seus quadros. É impossível uma cidade se desenvolver adotando práticas do passado.