AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

FOCUS CURSOS

FOCUS CURSOS

segunda-feira, 2 de março de 2020

“POLÍCIA FEDERAL REALIZA QUARTA APREENSÃO DE DROGAS NO AEROPORTO INTERNACIONAL DOS GUARARAPES E PRENDE UMA SUSPEITA POR TRÁFICO DE DROGAS.”




A Polícia Federal em Pernambuco, prendeu em flagrante no dia 29/02/2020, por volta das 12h, no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, uma cabeleireira de 33 anos, solteira, natural de Cuiabá/MT e residente em Várzea Grande/MT-(possui antecedentes criminais – já foi presa e absolvida por porte de cocaína em sua residência).

A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes bem como outros tipos de ilicitudes de competência federal no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais através de um procedimento padrão, separaram algumas bagagens de passageiros para que fossem submetidas ao aparelho de raios x quando perceberam a existência de uma mala de um voo procedente do Aeroporto de Goiana/GO com diversos materiais orgânicos em formato de tabletes que estavam escondidos em meio a seus vestuários. Ao ser identificada a passageira, proprietária da bagagem, ela demonstrava bastante nervosismo, inquietação e impaciência sendo separada para uma entrevista prévia. Os federais começaram a lhe questionar sobre o que havia no interior da mala, tendo ela respondido com bastante insegurança aos questionamentos e entrando em contradição. A ação foi concluída quando os federais ao abrir a mala em sua presença encontraram 08 (oito) pacotes embalados em fita adesiva, totalizando um peso bruto de 8.7Kg (oito quilos e setecentos gramas) de cocaína em forma pastosa.  Além da droga também foram apreendidos, passagens aéreas, um aparelho celular e a quantia de R$ 504,00 (quinhentos e quatros) reais.

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido a droga encontrada, a suspeita recebeu voz de prisão em flagrante foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida foi conduzida para a Superintendência da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde acabou sendo autuada pela prática do crime contido no artigo 33 e 40 incisos V da Lei nº 11.343/2006 (tráfico interestadual de entorpecentes) e caso seja condenada poderá  pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão. Após a autuação, a presa realizou exame de corpo de delito no IML-Instituto de Medicina Legal e foi levada para a audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça Estadual/PE.

Em seu interrogatório a suspeita disse apenas que foi aliciada por um homem em Cuiabá/MT, não dando maiores detalhes. Disse também que pelo serviço de transporte iria ganhar a importância de R$ 5.000 (cinco mil reais). Por fim alegou que a motivação para transportar a droga foi devido sua situação financeira e que seria a primeira vez que tentava transportar droga para outro estado.

ESTATÍSTICA DE APREENSÕES NO AEROPORTO DOS GUARARAPES: Essa é a quarta apreensão de cocaína feita pela Polícia Federal, no Aeroporto dos Guararapes. Até agora 4 pessoas foram presas sendo 3 mulheres e 1 homem e aprendidos 27Kg de cocaína. No ano passado 10 pessoas foram presas no Aeroporto dos Guararapes – sendo 3 homens e 7 mulheres e apreendidos 60,2Kg de cocaína e 30Kg de skunk.