PREFEITURA DE CARUARU

PREFEITURA DE CARUARU

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

terça-feira, 16 de março de 2021

APREENSÕES DE DROGA DOBRAM NAS RODOVIAS FEDERAIS DE PERNAMBUCO

 





Investimento em capacitação, aumento nas operações de combate ao crime e ações integradas com outros órgãos contribuíram para os resultados

As apreensões de droga realizadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) entre janeiro a dezembro de 2020 dobraram em comparação com o mesmo período de 2019, nas rodovias federais de Pernambuco. No ano passado, foram realizadas 121 apreensões, enquanto no ano anterior haviam sido registradas 60 ocorrências desse tipo. O balanço das ações de combate ao crime também aponta um aumento em diversos índices analisados.

Em 2020, a PRF apreendeu 2,98 toneladas de maconha, 521,6 Kg de cocaína e 24 Kg de crack, além de ter erradicado em conjunto com outros órgãos de segurança pública, 700 mil pés de maconha em Pernambuco, que poderiam produzir 233 toneladas da droga. Em 2019, haviam sido apreendidas 9,6 toneladas de maconha - sendo oito toneladas em uma única apreensão integrada com a Polícia Militar na BR 232, em São Caetano –, 90,4 Kg de cocaína, 3 Kg de crack e erradicados 433,5 mil pés de maconha.

As apreensões de anfetaminas, geralmente utilizadas nas rodovias para inibir o sono de motoristas que viajam por horas seguidas, também aumentou de 268 comprimidos em 2019, para 622, no ano seguinte. A quantidade de armas de fogo subiu de 42 para 57 unidades, ao passo que as munições registraram um aumento de 588 para 1.322 projéteis.

No ano passado, a PRF também intensificou as ações de enfrentamento aos crimes ambientais, que resultaram em 801,6 m³ de madeiras ilegais e 557 aves silvestres apreendidas. Em 2019, haviam sido retiradas de circulação 237,4 m³ de madeiras irregulares e resgatados 538 pássaros.

O total de veículos roubados que foram recuperados saltou de 311 para 472 unidades, e a soma dos valores apreendidos em dinheiro teve um acréscimo de R$119,4 mil para R$292 mil. Ao todo, foram detidas 1.081 pessoas no ano de 2020 por crimes como roubo, uso de documento falso, tráfico de drogas, porte ilegal de arma e com mandados de prisão em aberto. No ano anterior, haviam sido detidas 873 pessoas nas rodovias federais do estado.

O investimento em capacitações e tecnologia, o aumento na quantidade de operações de combate ao crime e as ações em conjunto com outros órgãos de segurança pública foram alguns fatores que contribuíram para esses resultados.