PREFEITURA DE CARUARU

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

terça-feira, 16 de março de 2021

POLÍCIA CIVIL DEFLAGROU OPERAÇÃO EM SÃO CAETANO E PRENDEU DEZ PESSOAS

 


A Polícia Civil de Pernambuco desencadeou na manhã desta terça-feira, 16/03/2021, a 11ª Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada "GARROTE", vinculada à Diretoria Integrada do Interior I - DINTER I, sob a presidência do Delegado Jomário Gomes do Carmo, Titular da Delegacia de Polícia da 108ª Circunscrição, integrante da 15ª Delegacia Seccional – 15ª DESEC.

A investigação foi iniciada em Agosto de 2020, com o objetivo de identificar e desarticular integrantes de Organização Criminosa voltada à prática dos seguintes crimes: tráfico de drogas, homicídio e posse de arma de fogo.

No dia de hoje, foram cumpridos 10 (dez) mandados de prisão e 2 (dois) mandados de busca e apreensão domiciliar expedidos pela Vara única da Comarca de São Caetano. Na execução, foram empregados 60 (sessenta) Policiais Civis, entre Delegados, Agentes e Escrivães e cerca de 40 policiais militares lotados no 15º BPM.

As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco – DINTEL.


No final da manhã foi realizada uma coletiva de imprensa no auditório da Dinter-1 em Caruaru, onde participaram o presidente da investigação Dr Jomário Gomes do Carmo que é o delegado titular de São Caetano; a Delegada Seccional de Belo Jardim Dra. Luciana Pontes; o Gestor da Dinter-1 Dr. Jean Rockfeller e o Gerente de Controle Operacional da Dinter-1 Dr. Bruno Vital.


Dr. Jomário Gomes do Carmo, disse que pelo menos dez assassinatos na cidade foram cometidos por essa quadrilha que já vinha aterrorizando São Caetano e região há alguns anos e a prisão dos acusados deverá trazer dias de tranquilidade para os moradores da cidade.


A delegada Dra. Luciana Pontes, citou o caso do triplo assassinato seguido de uma tentativa de homicídio que foram cometidos no ano de 2017 próximo ao motel da cidade, que o crime foi encomendado por um elemento que estava preso e que o seu emissário além de matar o desafeto do preso ainda matou os dois rapazes que estavam com ele e tentou matar uma quarta vítima e a motivação foi porque o preso alegava que o alvo teria lhe furtado uma droga e encomendou a morte dele de dentro do presídio.