PREFEITURA DE CARUARU

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

sábado, 29 de maio de 2021

COLUNA CLUBE DO FILME COM MARY QUEIROZ

 


MEGATUBARÃO


Entre tantos filmes bons e ruins lançados ao longo das décadas, nenhum tubarão precisou de tamanho para mostrar seu poder de destruição, porém,  eis que surge Megatubarão  onde tenta   construir  todo seu fascínio no seu porte, deixando que sua grandiosidade seja seu principal atrativo.

Neste filme, temos  um submarino de águas profundas e parte de um programa internacional de observação subaquática, foi atacado por uma criatura gigantesca, que se pensava estar extinta. Agora, ele se encontra incapacitado no fundo da fossa mais profunda do Oceano Pacífico com a tripulação presa dentro dele. Com o tempo se esgotando, o mergulhador especializado em resgates em águas profundas Jonas Taylor (Jason Statham) é recrutado por um visionário oceanógrafo chinês, contra a vontade de sua filha Suyin (Li Bingbing), para salvar a tripulação e o próprio oceano desta ameaça incontrolável, um tubarão pré-histórico com mais de 20 metros de comprimento conhecido como Megalodon.

A abordagem de Jon Turteltaub, mesmo diretor de Enquanto Você Dormia (1995) tem pontos positivos na aventura, ação e até mesmo comédia. Com o orçamento em torno de US$150 milhões, faz Megatubarão com qualidade estética espetacular, exibindo sua eficiência,   principalmente nas cenas em que os efeitos especiais estão presente e quando a mega criatura entra em cena. Somando com o longa,  também temos a presença do astro de filmes de ação Jason Statham, é exatamente neste ponto, que o torna um filme bom. Ora, o carisma do Jason Statham eleva o ritmo da história, pois apesar de não ser um ator com dotes dramáticos, Jason dá ao seu personagem a dose certa de personificação. Ponto para ele. As demais tramas paralelas, como um flerte romântico entre Jonas (personagem de Statham) e Suyn (personagem da atriz chinesa Li Bingbing), o ricaço que investe pesado na pesquisa e tem um desejo insano de destruir o monstro pré-histórico a qualquer custo, Jack Morris (interpretado pelo ator Rainn Wilson), o negro engraçado DJ (vivido pelo ator Page Kennedy) todas essas histórias clichês estão presentes no roteiro e funciona perfeitamente, graças a química entre os atores, extraída na medida certa por Jon Turteltaub. É toda essa harmonia cadenciada existente no filme, que o diferencia positivamente, mostrando que  a direção precisa de um diretor experiente  conseguiu  trazer resultados dos quais ninguém esperava e surpreendeu  o público como também a crítica.

Megatubarão não é um filme para ser levado a sério, embora no cenário criado para exibir a mega criatura, abra grandes possibilidades e tenha potencial  suficiente para serem exploradas situações recheadas de destruição e perdas gigantescas, além de exibir a maior carnificina já vista nas telonas, o foco da trama, compete com a exibição do lado cômico das interações dos personagens, sabendo dosar bem os momentos descontraídos como os de suspense, deixando que  o maior tubarão já visto ficasse a espera dos momentos que iria surgir na tela para caçar tudo o que encontrasse pelo caminho. Mesmo assim, o espectador fica satisfeito ao ver que tudo na trama colabora com seu ritmo frenético e a cada investida do monstro, somos levados a crer numa destruição descomunal provocada por ele e na espera de  ver mais sangue, mais e mais carnificina e pessoas sendo estraçalhadas pelo tubarão. Nesse vai e vem, o espectador se permite ser fisgado por uma trama rica em adrenalina, medo e muita tensão.

Assista Megatubarão pelo prazer da mais pura diversão, sem se apegar nos exageros, nos absurdos e  no inaceitável. Jon Turteltaub fez este longa ser uma grande diversão cinematográfica, mesmo utilizando dos velhos clichês, nos entrega uma produção que apesar do exagero, está equilibrada dentro do seu universo para qual foi destinado: revitalizar a franquia de filmes sobre tubarões.

PROGRAMA CLUBE DO FILME

 


Agora o Clube do Filme pela Rádio Cultura do Nordeste 96,5 FM/1130 AM, apresentado por Edson Santos e Mary Queiroz, está com uma nova proposta, tocando “SUA TRILHA PREFERIDA”! Com o intuito de levar mais música e mais interatividade dos ouvintes e internautas, o programa oferece espaço para atender seu pedido musical do seu filme favorito. Para isto, basta ligar pelos números (81) 3722-1130/3723-1130, ou pelo Whatsapp da Emissora (81) 9.8109-1130.

 Acompanhe pelo SITE:

www.radioculturadonordeste.com.br