PREFEITURA DE CARUARU

PREFEITURA DE CARUARU

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

segunda-feira, 31 de maio de 2021

COLUNA DO DELEGADO LESSA

 


Nossos artistas merecem renda e valorização

As festas juninas são manifestações que constituem a identidade do povo pernambucano, especialmente em Caruaru. Com a pandemia, nossos artistas e a população em geral precisam amargar o segundo ano sem a realização presencial de eventos que fazem parte do imaginário popular.

O Governo Estadual realizou uma sinalização muito importante na última sexta-feira (28), ao anunciar a concessão do Auxílio Emergencial Ciclo Junino de Pernambuco. O benefício é um passo de valorização dos nossos artistas, mediante a destinação de mais de R$ 3 milhões à classe cultural, sobretudo aos profissionais que têm no mês de junho o ápice de suas apresentações.

Desde o ano passado, tenho me reunido com artistas de diversos segmentos e reivindicado uma atenção específica para a categoria, que tanto engrandece a cultura do nosso estado. É preciso encontrar alternativas para oferecer um suporte contemplando toda a cadeia produtiva do setor cultural, em constante diálogo com as entidades representativas e os conselhos de classe, de forma democrática e transparente.

Neste contexto, uma das nossas defesas é a realização de um São João on-line em Caruaru, com articulação do poder público municipal, respeitando as medidas sanitárias e as recomendações do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE). Esperamos que a gestão da Capital do Forró tenha sensibilidade para este pleito e, com criatividade e sintonia com a classe artística, viabilize formas de manter a tradição e fomentar a cultura também como setor economicamente ativo. Simultaneamente, também sou favorável à implementação de um auxílio municipal aos artistas, em caráter emergencial.

Estamos em um momento de releitura e adaptação ao chamado ‘novo normal’. Incentivar a preservação dessa identidade cultural passa por encontrar novas formas de garantir sustento a todos os cidadãos. Ademais, valorizar as produções artísticas é um dos caminhos para acalentar o coração das pessoas nestes tempos tão difíceis.