AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

terça-feira, 4 de maio de 2021

POLÍCIA CIVIL DEFLAGROU OPERAÇÃO PARA PRENDER HOMICIDAS EM CARUARU

 




A Polícia Civil de Pernambuco, no âmbito da 3ª Divisão de Homicídios do Agreste, por meio das Delegacias de Homicídios de Caruaru que a integram, deflagrou na manhã desta terça-feira (03), a Operação de Intervenção Tática - OIT, denominada "Resposta Imediata".

A operação teve como objetivo combater CRIMES DE HOMICÍDOS, tendo ainda por finalidade dar uma resposta rápida e eficaz ao aquecimento dos índices de homicídios ocorridos no início do mês de maio na cidade de Caruaru.

Foram cumpridos, na cidade de Caruaru (zona urbana), 04 (quatro) mandados de prisões preventivas de autores de Homicídios, além de obtenção de elementos de provas que ajudarão a instruir os inquéritos policiais vinculados as prisões. Outros 3 (três) investigados e alvos da operação não foram encontrados, sendo considerados foragidos.

A operação foi coordenada pelos Delegados Bruno Machado, Marcio George e Elton Roberto e é supervisionada pelo Delegado Divisional Eric Costa Candido.

Na execução foram empregados 30 Policiais Civis, entre Delegados, Agentes e Escrivães das delegacias de Homicídios e 14ª Seccional, ambas de Caruaru, bem como contou com o apoio operacional de 20 Policiais Militares do 4ª BPM e 1ª BIEsp.

Ygo Bezerra da Silva

Lucas Vinícius Dias de Souza


 Fábio Gonçalves de Souza Junior

Jamerson de Souza Santos, vulgo “Nego Jamerson”

Os presos na operação são: Ygo Bezerra da Silva, de 28 anos; Fábio Gonçalves de Souza Junior, de 31 anos; Lucas Vinícius Dias de Souza, de 24 anos e Félix Jamerson de Souza Santos, vulgo “Nego Jamerson”, de 29 anos. Esses marginais e o "Nego Jamerson" e um adolescente que não foi encontrado também são acusados de terem cometido vários assaltos na estrada de Lagoa de Pedra.

Mateus Barbosa.

José Carlos.

Genildo Otávio.

Estão desaparecidos: Genildo Otávio Guimarães; José Carlos dos Santos Silva e Mateus Barbosa da Silva. Quem souber do paradeiro desses elementos que entre em contato com o Whatsapp-Denúncia da 3ª Divisão de Homicídios (81) 9 9488-7042 ou para o Disque-Denúncia Agreste 3719-4545 ou pelo o Whatsapp do Disque-Denúncia 9 8256-4545 e em qualquer um desses canais o denunciante terá a garantia de anonimato.


Genildo Oatávio, José Carlos e Mateus Barbosa, são acusados de terem assassinado na noite do dia 20 de dezembro do ano passado no Sítio Posses, na zona rural de Caruaru, Ronald Manoel da Silva, dos Santos, de 19 anos.

E também de terem assassinado, Luciano Luiz Pessoa, de 35 anos e de terem baleado, Kleber Rodrigues da Silva, de 33 anos, na noite do dia 5 de março desse ano no bairro Alto do Moura.

Ygo Bezerra e Fábio Gonçalves, são acusados de na noite do domingo 14 de fevereiro desse ano, terem assassinado num bar no distrito de Lajes, na zona rural de Caruaru, Alex Antônio da Silva, de 25 anos, que estava no bar de, José Marcos da Silva, de 51 anos, que foram baleados pelos elementos que chegaram no estabelecimento em um veículo, efetuaram disparos contra as vítimas que foram socorridas por populares e levadas para o hospital de Toritama, onde o Alex veio a falecer e o comerciante foi transferido para o Hospital da Restauração no Recife.


Lucas Vinicius tentou assassinar no dia 1º de março deste ano, David Anderson Barbosa da Silva, na Rua Itália no bairro Divinópolis.










“Nego Jamerson” é acusado de ter assassinado Maurício Mário da Silva, de 35 anos que foi morto dentro de casa no dia 05 de fevereiro deste ano no Residencial Luiz Bezerra Torres e de matar na Vila do Aeroporto, na noite do dia 06 de setembro do ano passado, Magno Mickael da Silva.


O delegado chefe da 19ª Delegacia de Homicídios Dr. Bruno Machado, atendeu a imprensa e detalhou a importância de ter sido realizada a operação.

Os presos foram levados para o IML, onde foram submetidos a exames traumatológicos e depois foram recolhidos á Penitenciária Juiz Plácido de Souza, onde permanecerão á disposição da Vara Privativa do Júri.