PREFEITURA DE CARUARU

PREFEITURA DE CARUARU

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

segunda-feira, 26 de julho de 2021

COLUNA DO DELEGADO LESSA

 


Polícia Civil desarticula rede de pedofilia no Agreste

Uma rede de pedofilia no Agreste foi desarticulada pela Polícia Civil, através da Operação Anjos da Guarda. Na sexta-feira (23), a 1ª Vara Criminal da Comarca de Caruaru expediu dois mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão domiciliar. Em cumprimento às ordens judiciais, a Polícia prendeu um casal em Caruaru.

Segundo a Polícia, enquanto o homem abusava e estuprava as crianças, a mulher filmava os atos bárbaros, com requintes de perversão e crueldade. As imagens registradas no material apreendido são revoltantes. As vítimas tinham de 7 a 13 anos de idade, suscetíveis a impactos físicos, psicológicos e sociais devido aos traumas provenientes dos abusos. A quadrilha deverá pagar por crimes como estupro de vulnerável, favorecimento para exploração sexual, produção de pornografia, agenciamento de produção pornográfica, armazenamento de pornografia e aliciamento de criança, em conformidade com o Código Penal.

Com a operação, os profissionais de segurança demonstraram eficiência no cumprimento da missão de proteger a sociedade. Desta forma, fizeram jus ao nome da operação – ‘anjos da guarda’ são uma referência à crença de que Deus envia essas entidades para nos proteger em todos os dias de nossa vida. No total, 50 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, participaram da execução da operação, vinculada à Diretoria Integrada I (Dinter I), e presidida pelo delegado Valdo Verçosa, titular da Delegacia de Polícia da 90ª Circunscrição de Caruaru.

Além de destacar o trabalho dos profissionais, uma mensagem precisa ficar clara para toda a sociedade: pedofilia é crime; portanto, denuncie! Cada um de nós pode ser um ‘anjo da guarda’ para as crianças, que são inocentes e indefesas. Não podemos negligenciar a proteção aos pequenos. Temos de impedir que criminosos violem a inocência e destruam os sonhos das nossas crianças.