PREFEITURA DE CARUARU

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

domingo, 11 de julho de 2021

“NOSSO GOVERNADOR É UM HOMEM BEM SENSÍVEL”, REVELA ANA ELISA EM RELAÇÃO AS CAUSAS DE ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NO ESTADO

 “Ao denunciar ela se torna uma mulher salva”; secretária da Mulher de Pernambuco destaca o apoio da pasta para as mulheres durante denúncias de violência doméstica

 


“A Secretaria da Mulher é muito ampla e costuma dialogar com todas as outras Secretarias do Estado”, destacou a secretária da Mulher em Pernambuco, Ana Elisa Sobreira, durante entrevista ao Programa Cidade em Foco da Rede Pernambuco de Rádios. De acordo com Ana, o principal desafio da pasta é ouvir as mulheres vítimas de violência doméstica, para haver uma conscientização no sentido da necessidade de denunciar os agressores. “(Para) em seguida a Secretaria da Mulher ofertar os serviços para ela, e demonstrar, principalmente que ela não está só, que ela precisa entender que existe uma rede que está ali para dar apoio, ao denunciar, ela se torna uma mulher salva”, afirmou a secretária, que também é Delegada da Polícia Civil, com experiência de atuação em diversas Delegacias da Mulher no estado.

A secretária ressaltou a importância do trabalho realizado pela deputada estadual Delegada Gleide Ângelo (PSB), em defesa da mulher e da família. “A participação de Gleide Ângelo é simplesmente formidável, está trazendo visibilidade para questões até mesmo política das mulheres. Sempre foi uma parceira nesta causa (...) para que os gestores entendam da importância da mulher”, pontuou Ana Alisa, ao Blog do Alberes Xavier.

Elisa enfatizou o apoio do governador Paulo Câmara para a causa da mulher, ela salientou, que o governador tem se disponibilizado para a promoção das ações, colocando o estado à frente neste enfrentamento. “Nosso governador é um homem bem sensível principalmente a essas causas de enfrentamento a violência doméstica. É um gestor que entende a importância desta Secretaria”, pontuou a secretária.

Canais que estão à disposição para denunciar casos de violência no estado: Disque 190 (Polícia), Ligue 180 (Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência) telefones: 0800 281 8187 (Liga Mulher).