PREFEITURA DE CARUARU

PREFEITURA DE CARUARU

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

quinta-feira, 19 de agosto de 2021

“POLÍCIA FEDERAL REALIZA APREENSÃO DE 24KG MACONHA EM PEIXINHOS-OLINDA E PRENDE UM SUSPEITO POR TRÁFICO DE DROGAS.”

 







A Polícia Federal em Pernambuco, prendeu em flagrante, ontem, dia 18/08/2021, por volta das 15h, um motorista de ônibus, 34 anos, natural Olinda/PE e residente em Igarassu/PE–(não possui antecedentes criminais).

A prisão aconteceu durante recebimento de denúncias dando conta de uma possível entrega de maconha nas proximidades do bairro de Peixinhos-Olinda/PE. De posse dessas informações foi montada uma barreira policial num local estratégico na entrada da cidade e após várias abordagens foi parado um veículo Hyundai de cor preta e ao ser feita uma busca em seu interior foi encontrado 04 (quatro) tabletes de maconha, totalizando cerca de 4Kg. Na sequência o motorista em conversa com os policiais informou a existência de um galpão onde estaria mais maconha armazenada. A equipe de policiais federais se dirigiram para o local e lá encontram mais 20 (vinte) tabletes da droga. As duas quantidades de maconha, totalizaram um peso bruto de 24Kg (vinte e quatro quilos).

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido a droga encontrada, o suspeito recebeu voz de prisão em flagrante foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida foi conduzido para a Superintendência da Polícia Federal, onde acabou sendo autuado pela prática do *crime contido no artigo 33 da Lei nº 11.343/2006 (tráfico de drogas) e caso seja condenado poderá  pegar penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão. Além da droga também foi apreendido o veículo e dois telefones celulares. Após a autuação, o preso foi encaminhado para realizar exame de corpo de delito no IML-Instituto de Medicina Legal, passou pela audiência de custódia onde foi confirmada a sua prisão preventiva e em seguida encaminhado para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, ficando à disposição da Justiça Estadual.

Em seu interrogatório o preso disse que é motorista de ônibus e por estar desempregado, resolveu traficar de drogas. Disse também que o galpão havia sido alugado por R$ 2.700 reais e que era o local onde geralmente fazia compra da maconha, mas não deu detalhes das pessoas que repassavam a droga.