AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

terça-feira, 22 de novembro de 2022

POLÍCIA CIVIL DEFLAGROU DUAS OPERAÇÕES EM PESQUEIRA RESULTANDO NA PRISÃO DE DEZ PESSOAS

 




A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou nesta terça-feira, dia 22, duas Operações de Repressão Qualificada (ORQs), a 68ª e 69ª Operações de Repressão Qualificada do ano de 2022, denominadas Operação Impasse e Operação Disfarce, respectivamente, vinculadas à Diretoria Integrada do Interior I – DINTER I, sob a presidência dos Delegados Ighor Nogueira, Alyson Henrique e João Carlos Azevedo, chefes das Circunscricionais, integrantes da 15ª Delegacia Seccional de Polícia; e assessorada pelo Núcleo de Inteligência do Agreste (NIA).

A Operação Impasse recebeu essa nomenclatura por tratar-se da disputa de grupos criminosos distintos decorrente de Tráfico de Drogas, Lavagem de Dinheiro e Homicídios, já a Operação Disfarce, recebeu esse nome por tratar-se de um grupo especializado em Lavagem de Dinheiro Decorrente de Tráfico de Drogas, Receptação e Corrupção.

A investigação foi iniciada em julho de 2021, tendo como objetivo desarticular uma ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA que opera na cidade de Pesqueira, no Estado de Pernambuco, atuante no tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Participaram da Operação 100 Policiais Civis, entre Delegados, Escrivães e Agentes. Vários policiais militares também participaram da operação, além da própria corregedoria da PM e membros do GAECO – do Ministério Público.

O início dos trabalhos investigativos se deu com a apreensão uma grande quantidade de droga na cidade de Pesqueira, mais de 60 quilos de MACONHA, além de várias armas de fogo. A quantidade de droga e de armas apreendidas confirmou a suspeita da existência de uma associação de perigosos e violentos criminosos atuando no município de Pesqueira. A atuação do grupo resultou em um aumento gradual de homicídios no município, culminando com o espantoso número de 33 homicídios no ano de 2021.

E trata-se também de investigação iniciada há um ano para investigar grupo especializado no cometimento do crime de lavagem de dinheiro, tendo como crimes antecedentes o tráfico de drogas, receptação e fraude a licitações. Além das prisões, estão sendo cumpridas ordens de sequestro de bens móveis e imóveis e bloqueios de valores.

Ao todo foram cumpridos 10 mandados de prisões preventivas, 22 mandados de buscas e apreensões domiciliares, todos expedidos pelo juízo da Comarca de Pesqueira.

O Presidente da Câmara de Vereadores de Pesqueira, José Maria, o "Pastinha Xucuru", está entre os alvos na operação e não foram repassados detalhes sobre a participação dele nos crimes cometidos pela quadrilha.

Os presos serão apresentados na audiência de custódia e posteriormente os homens serão entregues no Presídio Desembargador Augusto Duque em Pesqueira e as mulheres levadas para a Colônia Penal Feminina de Buíque.


No final da manhã foi realizada uma coletiva de imprensa no auditório da DINTER- 1 em Caruaru, da qual participaram o delegado que preside a investigação Dr. Ighor Nogueira; o Gerente de Controle Operacional da DINTER-1, Dr. Bruno Vital; o Chefe da DINTER-1, Dr. Jean Rockfeller, o Promotor Dr. George Diógenes e o também Promotor, Dr. Daniel de Ataíde, que integram o GAECO – Grupo de Atuação Especial de Combate ás Asssociações Criminosas do Ministério Público.


O presidente da investigação Dr. Ighor Noqueira, que é o Seccional de Belo Jardim, disse que foi apreendido um fuzil 556, além de aproximadamente 100 mil reais em espécie, munições, outra arma de fogo e vários veículos e esse grupo ainda é suspeito de roubos de cargas.