AUTO VIP

AUTO VIP

TEFNET

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

CASA DO CAMPÔNES

CASA DO CAMPÔNES

quarta-feira, 25 de julho de 2018

COLUNA OPINIÃO DE MULHER COM A ENFERMEIRA E PROFESSORA UNIVERSITÁRIA NAYARA SOUZA



O CUSTO DO CUIDADO É SEMPRE MENOR QUE O DO REPARO

Na última segunda-feira (23), a Secretaria de Saúde de Caruaru apresentou para população os dados referentes aos casos de Sífilis na gestação. Comparado a 2017, no primeiro semestre desse ano tivemos um aumento de 41% de gestantes contaminadas. Esse é um dado preocupante visto que, se não tratado adequadamente, os riscos são elevados como por exemplo, passar para a criança, o que é denominado de Sífilis Congênita e a mesma apresentar cegueira, surdez ou retardo mental.

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil tem passado por um acréscimo preocupante de casos de Sífilis na gestação. O uso do preservativo é a maneira eficiente de se evitar o contágio. Essa patologia reflete diretamente um problema de base na saúde pública brasileira. Ela nos revela que de alguma forma a atenção primária está falhando no seu objetivo de profilaxia. O nosso município, por seu porte deveria ser referência na Atenção Básica. Mas, infelizmente o que ouvimos dos profissionais que prestam o atendimento direto as comunidades, são inúmeras queixas que vão desde salários defasados (falta de valorização profissional) a insumos adequados para trabalhar.

A Sífilis é uma doença silenciosa, que varia em seus sintomas de acordo com o estágio em que se encontra a patologia, em geral a principal manifestação é o surgimento de úlceras pequenas na região genital. Quando não tratada, poderá evoluir para o corpo inteiro com diversos sintomas. O tratamento é simples, feito com a penicilina, porém quando não realizado os danos são severos! Quando os gestores de uma forma geral, compreenderem que a Atenção Básica deverá ser prioridade para o andamento ativo e eficiente de uma cidade, não sofreremos mais com propagações do que pode ser facilmente evitado. Como diria a professora, historiadora e política Marina Silva: “O custo do cuidado é sempre menor que o custo do reparo”.

Essa foi minha opinião de mulher de hoje. Participe conosco enviando suas dúvidas, questionamentos e sugestões para dra.nayarasousa@hotmail.com.