AUTO VIP

AUTO VIP

TEFNET

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

CASA DO CAMPÔNES

CASA DO CAMPÔNES

sexta-feira, 27 de julho de 2018

POLÍCIA CIVIL CONCLUI QUE O SUPOSTO ACIDENTE OCORRIDO NA BR 232 EM GRAVATÁ QUE RESULTOU EM DUAS MORTES E DOIS FERIDOS FOI UMA TENTATIVA DE ASSALTO





Edmilson, morava no bairro Rendeiras em Caruaru.
Delegado Carlos Couto (4ª DPH) e delegado Álvaro Grako (responsável pela investigação). crédito: Divulgação Polícia Civil de Pernambuco.

A Polícia Civil de Pernambuco realizou uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira (26), para falar sobre o acidente entre um caminhão que transportava combustível e um carro roubado, ocorrido na última terça-feira (24/07), na BR 232 em Gravatá, próximo ao Túnel Plínio Pacheco que resultou na morte do caminhoneiro, Edmilson Aquino, que era conhecido por “Pai de Caruaru” que morava no bairro Rendeiras em Caruaru e morreu carbonizado. Edmilson voltava do Porto de Suape com um caminhão tanque carregado e colidiu num veículo Sandero e uma moto e só na manhã da quarta-feira (25) foi encontrada uma pistola dentro do Sandero.
Hallan.


Edglibson.
A Polícia Civil informou que não foi um acidente automobilístico e sim uma tentativa de assalto, um dos marginais que só foi identificado ontem como Elton, que guiava o Sandero, morreu carbonizado e os outros dois, Hallan Gabriel Bernardes da Silva, de 27 anos, que viajava na frente ao lado do motorista, foi socorrido e levado para o Hospital da Restauração, onde está sendo custodiado pela PM e Edglibson Carlos Lopes da Silva, de 23 anos, que estava no banco de trás, sofreu graves queimaduras e mesmo assim conseguiu sair do veículo e voltar para o Recife, onde estava sendo atendido por uma enfermeira particular e foi encaminhado para a ala de queimados no HR, também sob custódia policial.

O corpo de Edmilson ainda não foi liberado do IML do Recife.