AUTO VIP

AUTO VIP

TEFNET

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

CASA DO CAMPÔNES

CASA DO CAMPÔNES

GIVALDO RECON PEÇAS

GIVALDO RECON PEÇAS

terça-feira, 3 de julho de 2018

CARUARU: DOIS FUNCIONÁRIOS DE UMA EMPRESA QUE PRESTA SERVIÇOS A COMPESA SOFRERAM ASFIXIA LIMPANDO UM ESGOTO E UM MORREU



 



Uma tragédia ocorrida no final da manhã desta terça-feira (03) por trás do Rotary Club da Vila Kennedy, deixou um morto e uma pessoa gravemente ferida. As vítimas, os funcionários da empresa Rio Una Engenharia, que presta serviços a Compesa – Companhia Pernambucana de Saneamento,  Daniel Henrique dos Santos, de 26 anos, que morava no bairro Cidade Jardim e Roberto Bezerra da Silva, de 56 anos, residente no bairro Agamenom Magalhães, estavam tentando desentupir um esgoto, quando passaram mal no interior da canaleta e só foram retirados com a ajuda do Corpo de Bombeiros Militar, mas o Daniel morreu enquanto recebia os primeiros socorros dentro da ambulância, o colega foi levado para o Hospital Regional do Agreste, onde deu entrada consciente.

O Corpo de Bombeiros Militar, informou que as vítima passaram mau por estarem dentro do esgoto e que havia uma grande concentração do gás metano, que é produzido pelas fezes humanas e sabendo dos riscos a mesma equipe teria ido ao local há dois dias para liberar o gás e que mesmo assim foram asfixiados ao inalarem a substância que é letal.

O terceiro funcionário da empresa, Célio Ferreira, informou que o Roberto foi o primeiro a entrar no esgoto, os três estavam se revezando até que o Roberto passou mau, o Daniel tentou socorrê-lo, mas os dois caíram da escada e um ficou em cima do outro e desesperado foi chamar o motorista que acionou o Corpo de Bombeiros que chegou rapidamente e conseguiu salvar um dos seus colegas.

O IC foi acionado, foi ao local, periciou o esgoto e o corpo da vítima, encaminhando-o ao Instituto Médico Legal – IML.

Através de nota a Compesa lamentou o acidente dos dois funcionários da empresa terceirizada, que faziam uma manutenção de rotina no sistema de esgotamento sanitário da Vila Kennedy. A companhia informou que acionou a empresa terceirizada para que seja prestada toda a assistência à família dos funcionários. A Compesa irá acompanhar as investigações que irão revelar as causas do acidente.