AUTO VIP

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

CASA DO CAMPÔNES

CASA DO CAMPÔNES

CENTRAL DAS CAPAS

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

QUATRO DOS SEIS ACUSADOS DE MATAR CARLOS ANDRÉ FORAM JULGADOS ONTEM E TRÊS DELES FORAM CONDENADOS



Foram julgados nesta quinta-feira (04) no Tribunal da Vara do Júri em Caruaru, quatro dos seis elementos que foram acusados de matar, Carlos André Silva da Luz e de tentarem matar a sua esposa, Renata Dias e a sua filhinha, a época com oito anos, que foram baleados na noite do dia 22 de novembro de 2015 dentro da casa da família na Vila Andorinha, próximo a Funase.

Os acusados que eram envolvidos com o tráfico de drogas, teriam chegado em um carro efetuados os disparos nas vítimas e fugiram em seguida e de acordo com as investigações a motivação teria sido o fato deles desconfiarem que o Carlos André teria os denunciado.

Os réus David Viana da Silva; Juan Nathan de Figueiredo Martins; Carlos Antonio de Souza Carvalho; Gilberto Marinho de Moura e, que já estavam presos e são acusados de assassinar.

O resultado do julgamento foi o seguinte: David Viana da Silva foi condenado a 44 anos de prisão no regime fechado.

Juan Nathan de Figueiredo Martins, foi condenado a 44 anos no regime fechado.

José Fernando Correia Alves, foi condenado a 39 anos de prisão.

O acusado Gilberto Marinho de Moura, foi absolvido.

Carlos Antonio de Souza Carvalho, vulgo “Junior Cabeludo” já está preso em Natal no Rio Grande do Norte e aguarda o julgamento.

O sexto envolvido era menor de idade á época e já cumpriu a medida socioeducativa.