TEFNET

TEFNET

AGRICENTER

AGRICENTER

COMERCIAL JR

COMERCIAL JR

VIP

VIP

RC TECIDOS

RC TECIDOS

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

POLÍCIA CIVIL APRESENTA O RESULTADO DA OPERAÇÃO PÉRGAMO




Foi apresentado numa coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (21) na Delegacia Regional de Caruaru, o resultado da “Operação Pérgamo” deflagrada na manhã de ontem com o objetivo de cumprir mandados de prisão em desfavor de suspeitos de homicídios, tráfico de drogas e associação criminosa, com atuação em Caruaru. Participaram da coletiva o delegado Márcio Cruz da 20ª Delegacia de Homicídios que é o responsável pelas investigações, Dr. Bruno Vital que chefia a 3ª Divisão de Homicídios do Agreste, a delegada regional Dra. Poyanne Farias e o diretor de operações da Dinter-01 delegado Sérgio Moura.  

Essa foi a 35ª Operação de Repressão Qualificada do ano no estado comandada pela Secretaria de Defesa Social, através da Polícia Civil de Pernambuco, no âmbito do programa Pacto Pela Vida. Foram cumpridos 10 (dez) Mandados de Prisão e 07 (sete) Mandados de Busca e Apreensão Domiciliar, expedidos pelo Juiz de Direito da Vara do Tribunal do Júri da cidade de Caruaru. Do total de mandados, 07 (sete) relacionam-se com alvos soltos, sendo todos decorrentes de prisão temporária. Os demais 03 (três) mandados de prisão estão relacionados a alvos de dentro do sistema prisional.

Na execução do trabalho operacional, participaram 60 (sessenta) policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães e a operação foi supervisionada pela Chefia da Polícia Civil e coordenada pela DINTER-I, Gerência de Controle Operacional do Interior I – GCOI-I e 3ª Divisão de Homicídios do Agreste. As investigações tiveram início há 7 (sete) meses e foram efetuadas pela 20ª Delegacia de Polícia de Homicídios, apoiada pelo Centro Integrado de Inteligência e Defesa Social-CIIDS e pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil –DINTEL e o resultado foi exitoso com todos os alvos atingidos.
Paulo José.
Kaio Wesley.
Priscila Layana.
"Evinho"
Ericsson Porfírio.
Artur Gualberto.
Valdênio Amauri.


Foram presos: Artur Gualberto Silva Junior, Valdenio Amauri Constante de Azevedo, Ericsson Porfírio da Silva, Everton Ramos da Silva, vulgo “Evinho”, Priscila Layane da Silva, Kaio Wesley Santiago e Paulo José da Silva, vulgo “Bau”. 
Waldisney.
Osmar Alceni.
Samara Tamires.
A justiça ainda expediu os mandados de prisões de Waldisney Batista de Moura, Osmar Alceni Veríssimo da Silva e Samara Tamires de Araújo, que já estão presos.


O delegado Dr. Márcio Cruz , que preside as investigações, disse que com o Valdenio foram apreendidos um kilo e 200 gramas de maconha, duas balanças de precisão e a importância de R$ 839,00 em espécie. Disse ainda que o chefe da quadrilha é o Waldisney e que mesmo preso mandou matar três desafetos e que pelo menos em três deles já foi comprovada a sua autoria intelectual e outros integrantes do grupo teriam executado as vítimas. Os mandados de prisões são temporários com duração de 30 dias prorrogável por mais 30 e o delegado afirmou que vai fazer o possível para concluir as investigações e fechar o inquérito nesse prazo. Os homens estão na Penitenciária Juiz Plácido de Souza e as duas mulheres estão na Colônia Penal Feminina de Buíque.