TEFNET

TEFNET

AGRICENTER

AGRICENTER

COMERCIAL JR

COMERCIAL JR

VIP

VIP

RC TECIDOS

RC TECIDOS

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

POLÍCIA CIVIL FAZ OPERAÇÃO EM CARUARU E PRRENDE SETE PESSOAS SUSPEITAS DE ENVOLVIMENTO COM HOMICÍDIOS E O TRÁFICO DE DROGAS


A Secretaria de Defesa Social, através da Polícia Civil de Pernambuco, no âmbito do programa Pacto Pela Vida, desencadeou na manhã desta terça-feira (20), a 35ª Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada “Operação Pérgamo”, com o objetivo de cumprir mandados de prisão em desfavor de suspeitos de homicídios, tráfico de drogas e associação criminosa, com atuação no município de Caruaru.

Foram cumpridos 10 (dez) Mandados de Prisão e 07 (sete) Mandados de Busca e Apreensão Domiciliar, expedidos pelo Juiz de Direito da Vara do Tribunal do Júri da cidade de Caruaru. Do total de mandados, 07 (sete) relacionam-se com alvos soltos, sendo todos decorrentes de prisão temporária. Os demais 03 (três) mandados de prisão estão relacionados a alvos de dentro do sistema prisional.

Na execução do trabalho operacional, participaram 60 (sessenta) policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães e a operação foi supervisionada pela Chefia da Polícia Civil e coordenada pela DINTER-I, Gerência de Controle Operacional do Interior I – GCOI-I e 3ª Divisão de Homicídios do Agreste.

De acordo com o delegado chefe da Dinter-01, Dr. Nehemias Falcão, os investigações tiveram início há 7 (sete) meses e foram efetuadas pela 20ª Delegacia de Polícia de Homicídios, apoiada pelo Centro Integrado de Inteligência e Defesa Social-CIIDS e pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil –DINTEL e o resultado foi exitoso com todos os alvos atingidos.
Resultado de imagem para DR. MARCIO CRUZ

As 9:h30min desta quarta-feira (21) o delegado Dr. Márcio Cruz titular da 20ª Delegacia de Homicídios de Caruaru, que preside as investigações, irá repassar os detalhes da participação de cada um dos acusados nessa quadrilha envolvida com o tráfico de drogas e homicídios, inclusive os nomes das vítimas que eles são acusados de terem assassinado.








Foram presos: Artur Gualberto Silva Junior, Valdenio Amauri Constante de Azevedo, Ericsson Porfírio da Silva, Everton Ramos da Silva, vulgo “Evinho”, Priscila Layane da Silva, Caio Wesley Santiago e Paulo José da Silva, vulgo “Bau”. Todos foram levados ao IML onde foram submetidos a exames traumatológicos, em seguida foram encaminhados ao sistema prisional, os homens a Penitenciária Juiz Plácido de Souza e a mulher para a Colônia Peal Feminina de Buíque.