AUTO VIP

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

CASA DO CAMPÔNES

CASA DO CAMPÔNES

CENTRAL DAS CAPAS

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

EX PRESIDIÁRIO FOI ASSASSINADO EM VITÓRIA DE SANTO ANTÃO








Na última segunda-feira (24), o ex presidiário, José Yuri da Silva Souza, de 19 anos, que morava em Vitória de Santo Antão, recebeu um telefonema para ir pra uma festa na cidade de Glória do Goitá, pegou uma van de Vitória as 5 horas da tarde, depois ninguém mais o viu, foi quando familiares procuraram a delegacia de Vitória pra relatar o fato e na manhã desta quarta-feira  (27), o corpo foi encontrado enrolado em um colchonete, próximo ao novo matadouro de Vitória. O corpo foi encaminhado para o IML do Recife. O jovem foi torturado e morto com várias facadas no tórax.

Diante das informações que foram passadas pela Equipe Malhas da Lei no dia anterior, que um corpo amarrado em um colchão que poderia ser de Yuri, estaria em uma residência próximo a cadeia de Glória do Goitá,  foi montada uma operação e em ação conjunta com a 17ª Delegacia de Homicídios, 64ª Circunscrição Policial de Glória de Goitá e a Equipe Malhas da Lei e o CORE da 12ª Desec,  foi identificada a residência do suspeito e após a franquia da entrada dos policiais, fizeram uma revista no imóvel onde conseguiram apreender 176 Big-bigs de maconha, 50 pedras de crack, duas armas artesanais, peças de motocicletas desmontadas, facões e outros objetos provenientes de ilícitos.



Na residência foi preso em flagrante a pessoa de Windson, vulgo “Damacinha”, que é um dos principais suspeitos de matar Yuri e continuando as diligências identificaram outra residência onde apreenderam mais droga e “Alan” e “Neto DJ”, este último com suspeita de participação no homicídio. O delegado acredita que a motivação do crime foi o tráfico de drogas e fez a autuação dos criminosos por tráfico e serão apresentados na audiência de custódia.

A Polícia Civil acredita que os marginais mataram a vítima em Glória do Goitá e como foram descobertos, se livraram do cadáver em Vitória de Santo Antão, mas foi solicitada uma perícia do Instituto de Criminalística que irá comprovar ou não se ele foi morto em uma das duas casas que foram abordadas pelo policiamento e se ficar comprovado eles irão responder por homicídio e adulteração da cena do crime.