POUSADA DA PAIXÃO

POUSADA DA PAIXÃO

COMERCIAL JR

COMERCIAL JR

VIP

VIP

RC TECIDOS

RC TECIDOS

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

NORDESTE MOTOS

NORDESTE MOTOS

quinta-feira, 24 de março de 2016

DOIS IRMÃOS QUE MATARAM PRESO DENTRO DE VIATURA POLICIAL EM CARUARU SÃO ABSOLVIDOS EM AUDIÊNCIA NO TRIBUNAL DO JÚRI.


Nesta quarta-feira (23), foram julgados no Tribunal do Júri de Caruaru, os irmãos Lenildo Luiz da Silva, de 35 anos e Leandro dos Santos Silva, de 28. Ambos são acusados de terem cometido o homicídio que teve como vítima, Pablo Mongard Pessoa de Oliveira, de 25 anos, dentro de uma viatura policial, quando a vítima estava sendo conduzida á Penitenciária Juiz Plácido de Souza, por ter sido presa e autuada em flagrante delito por tráfico de drogas. Fato ocorrido no dia 25/05/2012, há quase quatro anos e os irmãos foram absolvidos da acusação de homicídio duplamente qualificado.

Os advogados dos acusados, Dr. Artur Ramos e Dr. Maviael Peixoto, informaram que usaram um novo conceito no direito penal que é a antecipação da chamada legítima defesa, pois para os juristas Pablo Mongard matou Giliard dos Santos Silva, de 17 anos, irmão dos acusados, dois anos antes e até então viva tranquilamente com se nada tivesse acontecido e ao saberem da prisão de Mongard, os irmãos foram à delegacia a fim de prestarem queixa por constantemente sofrerem ameaças de morte que Mongard lhes fazia, inclusive quando matou o adolescente ainda tentou matar o Lenildo, mas a arma pinou.



Na ocasião foram novamente ameaçados dentro da delegacia na frente dos policiais militares que prenderam o Mongard com três quilos de maconha, os dois irmãos souberam que mesmo dentro do presídio o Mongard iria mandar matar os irmãos, e temendo pela própria vida eles seguiram a viatura e mataram o acusado dentro do xadrez da viatura, depois se entregaram aos policiais que faziam a condução do preso. O homicídio do Pablo Mongard foi de grande repercussão na época.