AUTO VIP

AUTO VIP

TEFNET

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

CASA DO CAMPÔNES

CASA DO CAMPÔNES

GIVALDO RECON PEÇAS

GIVALDO RECON PEÇAS

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

“AÇÃO CONJUNTA DA POLÍCIA FEDERAL E DA POLÍCIA MILITAR (1ª CIPM) PRENDEM SUSPEITO POR TRÁFICO DE DROGAS E APREENDE 72KG DE MACONHA, NO SERTÃO”.



Ação conjunta da Polícia Federal e da Polícia Militar de Pernambuco (1ª CIPM-Belém do São Francisco/PE), prendeu em flagrante, na tarde do dia 15/11/2017, por volta das 11h, no Sertão pernambucano, ÍTALO CLEBSON TORRES, 29 anos, agricultor, residente e natural de Belém do São Francisco (possui antecedentes criminais, já foi preso por tráfico de drogas no ano de 2009);

A prisão aconteceu através de levantamentos feitos pela Polícia Federal, dando conta de que na localidade conhecida como Sítio Jardim, próximo ao distrito de Riacho Pequeno em Belém do São Francisco/PE (sertão) um agricultor estaria cultivando uma roça de maconha. De posse dessas informações e como aquela área pertencia a 1ª Companhia Independente da Polícia Militar de Belém de São Francisco/PE, os federais repassaram a localização para os militares que ao chegarem lá identificaram os plantios já colhidos e a maconha acondicionada em 06 (seis) grandes sacos plásticos cobertos de galhos secos que ficava há uma distância de 200 metros de sua residência e que após a pesagem totalizou um peso bruto de 72Kg (setenta e dois quilos).Os militares ainda fizeram uma busca no interior da residência do agricultor onde foi encontrada uma balança de precisão!


Terminado os trabalhos investigativos, o agricultor recebeu voz de prisão em flagrante foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida levado para a Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro/PE, onde acabou sendo autuado pela prática do crime contido no artigo 33 da Lei nº 11.343/2006 (tráfico de entorpecentes) e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão.  Após a autuação, o preso realizou Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal e na data de hoje será encaminhado para a audiência de custódia e caso seja confirmada a sua prisão preventiva será conduzido para a Cadeia Pública de Salgueiro/PE, onde ficará à disposição da Justiça Estadual.