TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

NORDESTE RASTREAMENTO

NORDESTE RASTREAMENTO

FARMÁCIAS MAURÍCIO

FARMÁCIAS MAURÍCIO

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

AGRICULTOR É MORTO A FACADAS E TEM CORPO PARCIALMENTE CARBONIZADO NA ZONA RURAL DE GARANHUNS


Um agricultor foi brutalmente assassinado possivelmente durante a madrugada desta quinta-feira (25/1), no município de Garanhuns, no Agreste pernambucano. O crime aconteceu no Sítio Itacatú – Distrito de São Pedro.

Segundo a Polícia Civil, a vítima foi José Soares Filho, 48 anos, que foi morto dentro da residência onde morava. O corpo apresentava perfurações a faca peixeira e estava semi despido. A cama que ele dormia foi incendiada, tendo queimado parte do corpo. Uma faca de aproximadamente 10 polegadas estava crivada abaixo do queixo. O cabo da faca foi quebrado e se encontrava próximo ao corpo. Ao lado do cadáver também foi encontrado uma panela de pressão, que pode ter sido usada para golpear a vítima.


José Soares era conhecido como “Tôta” e tinha fama de homossexual. Ao lado do cadáver também foi encontrado preservativo usado, material que passará por perícia, assim como outros objetos encontrados na casa. A vítima morava sozinha, em local distante de outras pessoas.

O delegado João Lins, junto com seus investigadores estiveram no local realizando as primeiras investigações para elucidação do crime. Informações a respeito do assassino deverá ser repassada a Delegacia de Homicídios de Garanhuns.


O corpo de Tôta, que trabalhava em plantação de tomate, próximo ao Povoado do Neves, foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) na cidade de Caruaru.