Prefeitura de Caruaru

Prefeitura de Caruaru

ANUNCIE SUA MARCA AQUI! ENTRE EM CONTATO!

ANUNCIE SUA MARCA AQUI! ENTRE EM CONTATO!

quinta-feira, 3 de agosto de 2023

POLICIAL MILITAR QUE ESPANCOU E MATOU COMPANHEIRA A TIROS É PRESO EM CARPINA

 

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu na tarde desta quarta (2) o policial militar Jáleson de Santana Freitas, de 37 anos, suspeito de espancar e matar a tiros a companheira, Simeia da Silva Nunes, em Carpina, na Zona da Mata de Pernambuco. Segundo a polícia, o homem se entregou na Delegacia de Carpina, onde foi efetivada a prisão e os procedimentos para encaminhá-lo para a audiência de custódia.

O crime aconteceu na noite de sábado (29) e foi registrado por câmeras de segurança. Após agredir a companheira dentro de um bar, o homem atira na mulher e num mototaxista no meio da rua.

O mandado de prisão temporária foi emitido pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE) na segunda-feira (31).

De acordo com a Polícia Civil, um inquérito foi aberto pela 11ª Delegacia Seccional de Carpina como feminicídio consumado e tentativa de homicídio.

Jáleson de Santana Freitas já foi condenado, em 2022, a quatro anos de prisão pelo assassinato de um homem, durante uma abordagem policial nas festas juninas de Santa Maria do Cambucá, no Agreste do estado.

O CRIME


Simeia da Silva Nunes tinha 33 anos e trabalhava como promotora de vendas. Imagens de câmera de segurança mostram que ela e o companheiro estavam num bar, às 19h35, quando se desentenderam.

O homem empurra a mulher, que se desequilibra e cai, batendo o rosto num batente de cimento que há no estabelecimento. Ao ficar de pé, Simeia caminha em direção à saída, volta em direção ao interior do bar ao ver o companheiro levantar e, depois, segue novamente para a porta do estabelecimento.