TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CENTRAL BURGUER

CENTRAL BURGUER

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

quarta-feira, 2 de março de 2016

DISQUE-DENÚNCIA AJUDA POLÍCIA A LOCALIZAR, EM CARUARU, ACUSADA DE HOMICÍDIO TRIPLAMENTE QUALIFICADO DO DISTRITO FEDERAL.



O Disque-Denúncia Agreste ajudou a localizar em Caruaru, uma acusada de cometer homicídio triplamente qualificado no Distrito Federal. As informações foram repassadas para a equipe Delta da Polícia Militar, que cumprindo a um Mandado de Prisão Condenatória, prendeu Vanessa Michelle Barros, de 35 anos, em uma instituição de ensino superior do município, no momento em que assistia aula. A prisão ocorreu com discrição para a acusada e os colegas da criminosa não foram perturbados.

O coordenador do Disque-Denuncia Agreste, Alexandre Cesar, informou que ela é acusada de incitar o marido, conhecido como Joedney, a matar um homem atropelado por disputas por terras da fazenda Olho D’água, localizada entre Planaltina (DF) e  Formosa (GO). O marido atropelou um homem conhecido como Hamilton, passando o carro por cima dele quatro vezes. O motivo seria uma negociação que a mãe de Joedney fez com a vítima e que o casal não ficou satisfeito.

Vanessa foi condenada a 12 anos de reclusão pelo crime de homicídio triplamente qualificado. Após  ser submetida a exame Traumatológico, ela foi levada para a Colônia Penal Feminina de Buíque.