POUSADA DA PAIXÃO

POUSADA DA PAIXÃO

COMERCIAL JR

COMERCIAL JR

VIP

VIP

RC TECIDOS

RC TECIDOS

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

NORDESTE MOTOS

NORDESTE MOTOS

terça-feira, 3 de maio de 2016

POLÍCIA FEDERAL PRENDE ESTUDANTE DE MEDICINA EM FLAGRANTE POR SUSPEITA DE TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS APÓS SER FLAGRADA NO AEROPORTO DOS GUARARAPES TRANSPORTANDO 2.7KG DE COCAÍNA LÍQUIDA EM FORMA DE GEL.




A Polícia Federal em Pernambuco autuou em flagrante no dia 29/04/2016 por volta das 18h, THAYLA DA SILVA MOTTA brasileira, solteira, 20 anos, estudante de medicina, natural e residente em Tangará da Serra/MT-(não possui antecedentes criminais). A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os agentes desconfiaram da suspeita em virtude do seu nervosismo, impaciência, inquietação. Em virtude de tal comportamento ela foi convidada a participar de uma entrevista prévia na sala da Polícia Federal onde começou a se contradizer em algumas das suas respostas (sobre o valor da passagem aérea, qual o motivo da sua viagem e em qual hotel se hospedaria em outro país).
A ação teve seu desfecho final quando a equipe de policias federais diante de suas respostas imprecisas solicitou a sua bagagem afim de que fosse feita uma vistoria e busca minuciosa, sendo encontrada em duas calças jeans a presença de 04 (quatro) envelopes plásticos carbonados que continham em seu interior 45 (quarenta e cinco) camisas de vênus com um líquido oleoso em forma de gel com um forte cheiro de perfume (para esconder o odor da cocaína) que após ser submetido a exame narcoteste resultou positivo para cocaína, totalizando um peso bruto de aproximadamente 2,7Kg (dois quilos e setecentos) gramas.
Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido a droga encontrada a suspeita recebeu voz de prisão em flagrante foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais, onde acabou sendo autuada pela prática do crime contido no artigo 33, 35 e 40 inciso I da Lei nº 11.343/2006 (tráfico internacional de drogas e associação) e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão. Após a autuação, a presa realizou Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal e em seguida foi encaminhada para o Colônia Penal Feminina, onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE. Além da droga também foram apreendidas passagens aéreas e um aparelho celular.
Em seu interrogatório a presa informou que estuda medicina em Santa Cruz de La Sierra na Bolívia onde está cursando o 5º semestre e lá conheceu um boliviano com quem começou a se relacionar, porém, o namoro acabou de forma litigiosa e o estrangeiro começou a ameaçá-la bem como seus familiares no Brasil dizendo que só pararia as ameaças quando ela viajasse para Lisboa-Portugal com o objetivo de transportar cocaína para um traficante também boliviano que lá se encontrava. Então resolveu fazer o transporte saindo de Corumbá/MT com destino a Recife/PE e depois Lisboa-Portugal com uma mala que lhe foi entregue com a droga já acondicionada e preparada para o transporte onde acabou sendo presa por policiais federais em Recife/PE. Pela forma de apresentação a droga é oriunda da Bolívia.
Este ano já é a 7ª apreensão de drogas que a PF realiza em Recife e a 2ª ocorrida no Aeroporto dos Guararapes-Gilberto Freyre no ano de 2016. Até agora, 12 pessoas (10 homens e 2 mulheres) foram presos e apreendidos 2Kg de pasta base e 1.273Kg de maconha e 1,1Kg de crack, 13Kg de haxixe, 5Kg de fenacetina, 2,7Kg de Cocaína, 3Kg de bicarbonato de sódio e 12Kg de manitol. Em 2015 a PF conseguiu prender 34 (trinta e quatro) pessoas por tráfico de drogas, 862Kg (oitocentos e sessenta e dois quilos) de maconha,156Kg (cento e cinquenta e seis) quilos de pasta base de cocaína, 28Kg (vinte e oito) quilos de crack e 614Kg (seiscentos e quatorze) quilos de cocaína pura;