POUSADA DA PAIXÃO

POUSADA DA PAIXÃO

COMERCIAL JR

COMERCIAL JR

VIP

VIP

RC TECIDOS

RC TECIDOS

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

NORDESTE MOTOS

NORDESTE MOTOS

segunda-feira, 25 de julho de 2016

DETENTOS DA PENITENCIÁRIA JUIZ PLÁCIDO DE SOUZA FAZEM NOVA REBELIÃO.













Os socorristas do Samu tiveram muito trabalho.



A manhã desta segunda-feira (25) foi de muita tensão com uma rebelião na Penitenciária Juiz Plácido de Souza em Caruaru e pelo menos 9 detentos ficaram lesionados por pauladas e golpes de chuncho e precisaram ser socorridos e levados ao Hospital Regional do Agreste.

O presidente da Subseccional da OAB de Caruaru, Dr. Felipe Sampaio, acompanhou tudo de perto e falou que a Comissão dos Direitos Humanos da entidade está atenta para que não haja excessos e que a finalidade e garantir a integridade física tanto dos presos quanto dos agentes públicos.
O diretor da abracrim (Associação dos Advogados Criminalistas do Brasil), Dr. Eduardo Florêncio, falou que apesar de mais uma vez a situação ter sido contornada a direção da unidade tem que tomar medidas enérgicas com transferência de presos para que a paz volte a reinar e pelo menos a direção tem procurado a ajuda de diversos organismos para buscar a solução dos problemas.


Praticamente todo o presídio foi destruído.
Policiais do BEPI, GATI, NIA e Batalhão de Choque trabalharam na contenção do motim e só no início da tarde conseguiram controlar a unidade, inclusive foram usados cães farejadores para tentar encontrar drogas entre os pertences dos detentos.


A vice-Presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco, Márcia Silva, ressaltou que hoje apenas 8 agentes estavam de serviço no presídio e que pelas péssimas condições de trabalho dos agentes o sindicato irá pedir a interdição da unidade.

Os presos que foram lesionados na rebelião são: Jailson Lira da Silva; Mauriclécio da Silva; Thiago Moura Brito; Edson Marcelino da Silva; Lucas da Silva; Julio Juarez da Silva; Patrício Amaral; Patrick Salaro e Fabio Silva, que foram levados pelo Samu para o Hospital Regional do Agreste. 

Desde o domingo o presídio não recebeu mais nenhum preso por falta de condições e os detentos oriundos dos plantões da região estão sendo encaminhados ao presídio de Santa Cruz do Capibaribe.