TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CENTRAL BURGUER

CENTRAL BURGUER

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

quarta-feira, 12 de abril de 2017

PRF INTENSIFICA FISCALIZAÇÃO DURANTE OPERAÇÃO SEMANA SANTA 2017




A Polícia Rodoviária Federal (PRF) começa à zero hora da próxima quinta-feira (13) a Operação Semana Santa com reforço do policiamento nas rodovias federais do País. As ações vão até a meia-noite de domingo (16) com o intuito de reforçar a fiscalização nos trechos com maiores índices de acidentes, de acordo com estatísticas do Órgão.

A operação visa, além da diminuição do número e letalidade dos acidentes, garantir segurança e fluidez do trânsito aos usuários das rodovias federais e contará com atividades para diminuir a incidência de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, ao uso irregular de motocicletas, às ultrapassagens indevidas e à alcoolemia ao volante, inclusive com o apoio da Operação Lei Seca.

Em Pernambuco, o reforço na fiscalização acontece nas BRs 232 e 104, que levam ao Agreste do estado, e nas BRs 101 Norte e Sul, que levam ao litoral pernambucano e a outros estados. Por se tratar de um feriado religioso, muitas pessoas viajam para se reunir com a família e acompanhar as festividades, principalmente nos municípios de Gravatá, Caruaru e Fazenda Nova.

Também serão realizadas ações operacionais direcionadas para o enfrentamento à criminalidade, com o apoio do Núcleo de Operações Especiais e dos grupos de Patrulhamento Tático e de Motociclismo da PRF. Além disso, o helicóptero da Base de Operações Aéreas também será acionado em parceria com equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), para realizar resgates aeromédicos e acompanhar a operação.

Os planejamentos para as ações da PRF fazem parte da Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2011 – 20202, lançada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e que o Brasil se comprometeu a adotar medidas para reduzir a violência no trânsito. O Brasil, assim como os demais países signatários das medidas da ONU, estipulou uma meta de redução de 50% das mortes no trânsito na década 2011-2020.

Esse planejamento levou em consideração a análise de dados estatísticos com foco no comportamento dos motoristas e nas características dos acidentes graves, ou seja, acidentes que resultem em vítima fatal ou vítima ferida gravemente. A análise permitirá a otimização dos recursos humanos e materiais da instituição, focando a fiscalização em pontos e horários críticos para coibir comportamentos de risco como: ultrapassagens 

indevidas, excesso de velocidade e a mistura fatal de álcool e direção.

Fiscalização – Durante os quatro dias de operação, a PRF fará fiscalizações de motocicletas, com foco nas infrações que potencializam a ocorrência de acidentes e sua gravidade como uso e regularidade do capacete, equipamentos obrigatórios, sistema de iluminação e habilitação.