AUTO VIP

AUTO VIP

TEFNET

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

CASA DO CAMPÔNES

CASA DO CAMPÔNES

CENTRAL DAS CAPAS

quinta-feira, 26 de abril de 2018

POLÍCIAS CIVIL E MILITAR PRENDEM EM SÃO CAETANO ELEMENTOS ENVOLVIDOS EM HOMICÍDIOS, ROUBOS E TRÁFICO DE DROGAS E APREENDEM VÁRIAS ARMAS

Wadmes
Diego.
Leandro.


No início da manhã desta quinta-feira (26), policiais civis da 15ª DESEC de Belo Jardim, Delegacia de São Caetano, Delegacia de São Bento do Una, policiais militares do 15º BPM de Belo Jardim, ROCAM, BEPI , GATI e BIESPI, em ação conjunta, deram cumprimento aos mandados de prisão, exarado ano bojo da Operação Ipojuca e da Operação Rio Una, contra Diego Leite da Silva, Wadmes José dos Santos e Leandro José Venceslau dos Santos.

O delegado titular de São Caetano, Dr. José Luzia, informou que contra Diego há ainda um mandado de prisão, relacionado ao crime de homicídio que vitimou Eduardo Silva, que era conhecido por “Jacaré”, que foi morto na frente do pai, quando estava trabalhando com o pai numa reforma no dia 05 de janeiro. 

Inclusive chegou a gravar um áudio ameaçando policiais militares da cidade, pelo fato de um menor que era integrante de sua quadrilha ter sido morto numa troca de tiros com a PM, vários adolescentes faziam parte da quadrilha que ficou conhecida por "Bebês de Diego".



Leandro José, vulgo ”Leléu”, no último domingo, juntamente com um menor, matou dentro de um bar, Alexsandro Manoel da Silva, conhecido por “Sandrinho”, de 42 anos, no bairro Cabugá. Ambos confessaram o crime e disseram que mataram o rapaz porque a vítima teria ido pra cima deles e o “Leléu” foi em casa pegou a sua espingarda calibre 12 e acompanhado do menor foram ao estabelecimento e mataram a vítima e o Wednes que é irmão do "Leléu" também teve participação no crime. 

Na casa do “Leléu” foi encontrada uma espingarda calibre 12 de cano serrado, além de algumas munições e uma espingarda soca-soca, já com o Diego foi encontrada uma espingarda calibre 12 de repetição e ambos foram autuados em flagrante e ainda hoje serão encaminhados para o Presídio Desembargador Augusto Duque em Pesqueira.

Na mesma operação também foi preso, João Severino da Silva, vulgo “João Coroa” ou “Breno” de 45 anos, que é considerado um dos maiores traficantes da região, é natural de Caruaru, mas estava homiziado em São Caetano e contra ele havia um Mandado de Prisão Preventiva da Comarca de Caruaru e também será encaminhado ao presídio de Pesqueira.