AUTO VIP

AUTO VIP

TEFNET

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

CASA DO CAMPÔNES

CASA DO CAMPÔNES

GIVALDO RECON PEÇAS

GIVALDO RECON PEÇAS

segunda-feira, 7 de maio de 2018

COLUNA HORA DA CIDADANIA COM O DELEGADO ERICK LESSA



ACORDA CARUARU!

Segurança pública tem sido um dos temas mais abordados e almejados pela população na 
atualidade. Nos mais diversos municípios, o anseio comum é pela efetivação de medidas para que cada cidadão, tenha preservado seu direito de ir e vir, de forma tranqüila e segura. Nos últimos dias, como foi amplamente divulgado e benquisto, na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, a prefeitura recebeu autorização do Exército Brasileiro para comprar armas de fogo para a Guarda Municipal.

Outro exemplo foi o recente anúncio da prefeitura de Petrolina, que durante a comemoração de 24 anos da Guarda Civil Municipal (GCM), anunciou investimentos municipais na ordem de R$ 2 milhões e outras melhorias na estruturação da corporação. 

Entre as ações citadas, estão: ampliação do quadro de profissionais em 30% via concurso público, kits de fardamentos, com coletes à prova de balas, armas letais e não letais e outros equipamentos de proteção individual. Além de locação de 12 novas viaturas e 9 motos para reforçar a ação da guarda dentro dos bairros.

O gestor do município, expressou a sua responsabilidade na administração da segurança pública local, portando-se como um verdadeiro administrador das causas do município. Ao contrário de Caruaru, a qual a gestora, atribui ao estado responsabilidade integral da insegurança, além de não dialogar com a categoria.

Santa Cruz e Petrolina são exemplos claros, de que a gestação municipal não somente pode, como deve, assumir o seu papel legal e constitucional no combate à violência. A pergunta que expressa o sentimento de grande parte dos Caruaruenses é: Até quando a gestora de um município com a expressão de Caruaru, acreditará que uma administração eficiente é possível sem se colocar como a principal responsável pelo andamento dele? 

Desejamos que pelo menos os exemplos desses municípios sirvam de fonte inspiratória para que a gestão de nossa cidade acorde. Aprende caruaru, é possível realizar expressivas ações em várias áreas, com humildade e diálogo!

Fica a reflexão. Fique atento à próxima edição da coluna Ética e Política, que é divulgada todas as quintas-feiras. Caso deseje enviar críticas e sugestões, encaminhe para o e-mail: ericklessa04@gmai.com.
TABOSA