AUTO VIP

AUTO VIP

TEFNET

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

CASA DO CAMPÔNES

CASA DO CAMPÔNES

GIVALDO RECON PEÇAS

GIVALDO RECON PEÇAS

quinta-feira, 10 de maio de 2018

TRATADOR DE CAVALOS FOI ASSASSINADO EM CARUARU E PODE TER SIDO VÍTIMA DE UMA VINGANÇA PELO FATO DO SOBRINHO TER MATADO UM MECÂNICO NA SEMANA PASSADA






Um homem foi assassinado na manhã desta quinta-feira (10) na Rua Macaparana, no bairro Boa Vista 1, em Caruaru. A vítima, o tratador de cavalos, Aristeu Claudino Torres Neto, que tinha 30 anos e morava na Rua Azulão, no Loteamento Andorinha. Ele guiava uma moto Biz vermelha, placa PCG-5533, quando foi morto a tiros.

A esposa dele, Bruna, disse que viva com ele há 10 anos, que ele saiu de casa para levar a única filha deles de 5 anos na escola e quando estava voltando pra casa foi assassinado e pelo que sabia do marido ele não vinha recebendo ameaças de morte.

O delegado da 19ª Delegacia de Homicídios de Caruaru, Dr. Anderson Liberato, foi ao local com a sua equipe e constatou que a vítima teve o irmão Genildo da Silva Torres, de 27 anos, morto a tiros no bairro Nova Caruaru, que na semana passada um menor de 15 anos que era o enteado do Genildo matou o mecânico Genival Nascimento de Lima, de 43 anos, que foi morto na Rua La Paz, no bairro João Mota. quando o Genildo foi morto no ano passado, o irmão, Darciel Manoel Aristeu Claudino Torres, conhecido por “Gato” de 55 anos, também foi baleado.


O mecânico, Genival Nascimento, foi assassinado há uma semana.
"Neném" foi morto no dia 13 de setembro do ano passado.

O adolescente foi apreendido esta semana pela Polícia Militar e confessou que matou o mecânico porque ele matou o seu padrasto, como não havia mandado de busca e apreensão ele foi apenas ouvido e liberado e o delegado afirmou que há uma grande probabilidade do Aristeu ter sido morto para vingar a morte do mecânico e solicitou que quem souber de mais algum detalhe que ligue para o Disque-Denúncia Agreste (81) 3719-4545, para identificar quem matou o Aristeu.

O perito criminal, Dr. Ricardo Souza, disse que a vítima foi morta com seis tiros, sendo dois nas costas, um acima das nádegas e dois no pescoço e como não havia cápsulas nem projéteis no local, não teve como precisar que arma foi usada no crime e que isso só será possível com a perícia tanatoscópica que será realizada no IML.

Este foi o 3º homicídio registrado no mês de maio e o 71º do ano de 2018 em Caruaru e o corpo foi encaminhado para o IML local.