POUSADA DA PAIXÃO

POUSADA DA PAIXÃO

COMERCIAL JR

COMERCIAL JR

VIP

VIP

RC TECIDOS

RC TECIDOS

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

NORDESTE MOTOS

NORDESTE MOTOS

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

POLÍCIA MILITAR PRENDE QUADRILHA QUE ESTAVA ESPALHANDO O TERROR EM CARUARU E QUATRO DOS CRIMINOSOS CONFESSARAM PARTICIPAÇÃO NO LATROCÍNIO NA ZONA RURAL DE ALTINHO.



Ivanilson, foi identificado em alguns assaltos.
Samara, confessou participação no latrocínio.
Mônica, foi reconhecida por algumas das vítimas de assaltos.


Josimar, foi preso com a moto roubada.
Severino Luiz, já cometeu 3 homicídios.
José Davyd, foi pego com a espingarda e confessou o latrocínio, ele foi quem atirou na vítima.

Na manhã desta sexta-feira (11) o comandante do 4º BPM Tenente-Coronel Roberto Galindo, foi informado pelo NIA (Núcleo de Inteligência do Agreste) da identificação de um dos autores do latrocínio ocorrido na madrugada desta quinta-feira (10) no Sítio Jaqueira de Altinho que teve como vítima o agricultor, Edvaldo Geraldo da Silva, de 35 anos, que foi visitado por uma quadrilha que bateu a sua porta dizendo serem policiais e quando ele abriu a porta anunciaram o assalto, subtraíram vários objetos como TV, som, celulares, mas quando pegaram a moto do cidadão ele reagiu e foi morto na frente da esposa e do filhinho de apenas 2 anos.

Diante da informação recebida o comandante montou uma operação com o efetivo do NIA, o Cabo Figueiredo e a soldado Morgana da Patrulha do Bairro Maurício de Nassau, os soldados Márcio Farias e T. Vieira da Caça Homicida, soldado Elon da ROCAM e a guarnição do Oficial de Operações e realizando diversas buscas conseguiram prender Ivanilson Cordeiro da Silva, de 30 anos; José Dayvid da Silva, de 24 anos; Samara Maria dos Santos, de 22 anos; Josimar dos Santos Rodrigues, de 25 anos e duas adolescentes de 13 e 14 anos, todos do bairro José Carlos de Oliveira; Severino Luiz da Silva, de 46 anos, que é do Alto do Moura e Mônica da Silva Barbosa, de 19 anos, residente na Vila Padre Inácio.

Com os criminosos os policiais apreenderam duas armas de fogo, sendo um revólver calibre 38 e uma espingarda calibre 20, 16 celulares, uma moto roubada, dois receptores de TV, jóias e a importância de R$ 300,00 em espécie. Quase 10 pessoas compareceram na delegacia, onde reconheceram o José Davyd, o Ivanilson, a Samara e as duas adolescentes pelos crimes, inclusive com exceção do Ivanilson, esses citados confessam participação no latrocínio, como agiam quase todos os dias na área rural de Agrestina, Caruaru e Altinho e como também utilizavam um Gol preto, eram conhecidos como os bandidos do Gol preto ou a gang do Gol preto.


Todos os acusados foram apresentados no plantão da 1ª DP, para adoção das medidas cabíveis.