TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

DONA MACAXEIRA

DONA MACAXEIRA

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

terça-feira, 31 de outubro de 2017

1ª DELEGACIA DE POLÍCIA DE CARUARU E POLÍCIA MILITAR PRENDEM EM PESQUEIRA ELEMENTO QUE MATOU A ESPOSA DO PRIMO EM CARUARU



Na noite dessa segunda-feira (30), Policiais Civis da 88ª Circunscrição Policial de Caruaru (1ª DP), chefiada pelo Delegado Alberes Cristiany Costa, com apoio da Núcleo  da Inteligência da 8ª Companhia da Polícia Militar de Pesqueira, cumpriram o Mandado de Prisão expedido em desfavor de Wanderson Michael da Silva, de 24 anos, pelo Juízo da Vara Privativa do Júri de Caruaru.

Wanderson é acusado do homicídio que vitimou Maria Anailda Alves Ferreira, de 28 anos, esposa do seu primo. O crime ocorreu no dia 02/10/17, na 8ª Travessa da Sé, no Centenário, quando Wanderson, encapuzado, mas reconhecido pela vítima por sua voz, adentrou na residência de Maria Anailda e tentou estuprá-la. Diante da resistência da vítima, Wanderson desferiu dois violentos golpes de faca em Maria Anailda, que estava grávida de 3 meses. A vítima ainda foi socorrida, mas, na manhã da último sábado 28/10/2017, não resistiu aos ferimentos e  faleceu no Hospital Regional do Agreste.

O delegado titular da 88ª Circunscrição Policial de Caruaru, Dr. Alberes Cristiany Costa, afirmou que o crime, pela violência e frieza com que foi cometido, exigia pronta resposta da Polícia Civil, pelo que, de plano, já havia representado pela prisão de Wanderson. "No mesmo dia da expedição do Mandado de Prisão, cumprimos a ordem judicial, com o apoio fundamental da Inteligência da Polícia Militar de Pesqueira". Apesar da própria vítima ter dito que foi esfaqueada por se recusar a fazer sexo com o imputado, o delegado afirmou que o intuito dele era de subtrair objetos como celulares ou outros aparelhos eletrônicos e isso configura o crime de latrocínio, pois a vítima disse que ele não chegou a se despir que lhe esfaqueou e fugiu pela janela da casa.


O acusado também negou a tentativa de estupro, ele afirmou que é usuário de crack desde os 14 anos e que foi a casa do primo furtar alguma coisa para trocar por droga e que só esfaqueou a esposa dele porque ela se atracou ele não porrada. Ele foi levado à Penitenciária Juiz Plácido de Souza.