POUSADA DA PAIXÃO

POUSADA DA PAIXÃO

COMERCIAL JR

COMERCIAL JR

VIP

VIP

RC TECIDOS

RC TECIDOS

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

NORDESTE MOTOS

NORDESTE MOTOS

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

ASPOL/PE DENUNCIA: GOVERNO DE PRNAMBUCO SE DISPÕE A GASTAR MAIS DE 270 MIL REAIS COM ALIMENTAÇÃO DOS RECLUSOS NA CENTRAL DE PLANTÕES.


A Associação dos Policiais Civis de Pernambuco (ASPOL/PE) denuncia que o Governo de Pernambuco acaba de lançar edital que prevê cardápio balanceado para os presos encaminhados à Central de Plantões da Capital (CEPLANC), levados à audiência de custódia. O menu balanceado não seria uma aberração se não tivesse um valor tão exorbitante: R$ 15,30 para o café da manhã, R$ 18,70 para o almoço e 16,30 para a janta. Isto é, para alimentar cerca de 15 presos diariamente, o Governo gastará cerca de R$ 22.635 por mês.
A ASPOL/PE acredita na importância de alimentar os reclusos de forma adequada, entretanto, é importante que o Governo valorize da mesma forma os policiais que trabalham todos os dias, arriscando suas vidas, em prol da segurança da população. O último aumento no vale refeição dos policiais civis foi irrisório diante da inflação e do benefício recebido pelos policiais civis em outros estados brasileiros. Com R$12,00 por dia, é impossível ter uma alimentação balanceada como a que se pretende oferecer aos reclusos na CEPLANC.
Sobre o edital

O objetivo do edital (Processo nº 001/2016, Pregão Eletrônico nº 001/2016) é atender ao Plano Nacional de Saúde no Sistema Penitenciário – Setor Nutricional (2005) por meio da contratação de empresa especializada para a prestação de serviços de nutrição e alimentação, oferecendo desjejum, almoço e janta balanceados para cerca de 15 reclusos por dia.