TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CENTRAL BURGUER

CENTRAL BURGUER

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

ASPOL/PE DENUNCIA: GOVERNO DE PRNAMBUCO SE DISPÕE A GASTAR MAIS DE 270 MIL REAIS COM ALIMENTAÇÃO DOS RECLUSOS NA CENTRAL DE PLANTÕES.


A Associação dos Policiais Civis de Pernambuco (ASPOL/PE) denuncia que o Governo de Pernambuco acaba de lançar edital que prevê cardápio balanceado para os presos encaminhados à Central de Plantões da Capital (CEPLANC), levados à audiência de custódia. O menu balanceado não seria uma aberração se não tivesse um valor tão exorbitante: R$ 15,30 para o café da manhã, R$ 18,70 para o almoço e 16,30 para a janta. Isto é, para alimentar cerca de 15 presos diariamente, o Governo gastará cerca de R$ 22.635 por mês.
A ASPOL/PE acredita na importância de alimentar os reclusos de forma adequada, entretanto, é importante que o Governo valorize da mesma forma os policiais que trabalham todos os dias, arriscando suas vidas, em prol da segurança da população. O último aumento no vale refeição dos policiais civis foi irrisório diante da inflação e do benefício recebido pelos policiais civis em outros estados brasileiros. Com R$12,00 por dia, é impossível ter uma alimentação balanceada como a que se pretende oferecer aos reclusos na CEPLANC.
Sobre o edital

O objetivo do edital (Processo nº 001/2016, Pregão Eletrônico nº 001/2016) é atender ao Plano Nacional de Saúde no Sistema Penitenciário – Setor Nutricional (2005) por meio da contratação de empresa especializada para a prestação de serviços de nutrição e alimentação, oferecendo desjejum, almoço e janta balanceados para cerca de 15 reclusos por dia.