POUSADA DA PAIXÃO

POUSADA DA PAIXÃO

COMERCIAL JR

COMERCIAL JR

VIP

VIP

RC TECIDOS

RC TECIDOS

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

MANDACARU PERSONALIZAÇÃO

NORDESTE MOTOS

NORDESTE MOTOS

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

“SERIAL KILLER” QUE MATOU 17 PESSOAS E TENTOU MATAR MAIS 4 É PRESO DENTRO DE UM MOTEL EM CARUARU.


Os detalhes da prisão foram divulgados numa coletiva de imprensa ocorrida na manhã desta quinta-feira na 14ª Desec, com os delegados Dr. Márcio Cruz da 20ª DPH; Dr. Bruno Vital da 3ª Divisão de Homicídios; Dr. Erick Lessa diretor geral da Dinter-01, Dr. Altemar Mamede da 19ª DPH e Dr. Francisco Souto Maior, que é o titular da 19ª DPH e preside os inquéritos.

Foi preso na noite de ontem (03) em um motel de Caruaru, Wellington Luiz da Silva, vulgo "Nino do Campo Novo", de 25 anos, apontado como o maior homicida dos últimos anos e que segundo a investigação da Polícia Civil, é responsável pelo cometimento de pelo menos 17 homicídios e de 4 tentativas de assassinatos. Ele estava acompanhado de uma adolescente de 17 anos, que mantém um relacionamento amoroso com o mesmo e está grávida e com o criminoso foi encontrada uma pequena porção de maconha.

Segundo o delegado Dr. Erick Lessa, diretor geral da Dinter-01, “Nino” atemorizava com a "lei do silêncio" os bairros Santa Rosa, Indianópolis e Vassoural, em Caruaru-PE, sendo indiciado pela 19° Delegacia de Homicídios por 15 assassinatos e 04 tentativas de homicídio no ano de 2015, havendo 10 mandados de prisão preventiva expedidos pelo Poder Judiciário da Comarca de Caruaru em seu desfavor.

O delegado chefe da 3ª Divisão de Homicídios de Pernambuco, Dr. Bruno Vital, detalhou todos os homicídios cometidos pelo criminoso. Confira: Adilson Gomes da Silva e Daniel Santana de Souza, mortos em janeiro do ano passado; Cleverson José da Silva, morto no dia 28 de fevereiro de 2015; José Roberto de Lima Santos, assassinado no dia 21 de março do ano passado; Joseilton Pereira Pedrosa e Regenilson da Silva Cirino, assassinados em abril de 2015; Sued Anselmo Lopes de Melo e José Allef Mateus Alexandre Alves, mortos em maio de 2015; Adeilton Alberto de Oliveira e Levilânio de Freitas, mortos em junho do ano passado; Fabrício Barbosa da Silva e José Edson dos Santos, mortos em julho de 2015; Robenilson Domingos de Macedo e Paulo André de Moura, assassinados em agosto de 2015; Otávio Messias Dantas da Silva e José Carlos da Silva, mortos juntos ao lado da Secretaria de Educação do município, em setembro do ano passado e este ano o assassino ainda matou, José Felipe da Silva, morto no dia 03 de janeiro deste ano na Favela do DNIT; também tentou matar Emanuel Francisco de Araújo, Jefferson Willams da Silva e os irmãos Joseildo Santos Alves e Josenildo Santos Alves. Todos assassinados entre os bairros Santa Rosa, Indianópolis, Vassoural e Rosanópolis.

Adilson Gomes...

Foi morto em 01 de janeiro de 2015, na Rua Santa Rosa.
Daniel Santana...
Foi assassinado em 08 de janeiro do ano passado.


Cleverson...

Foi morto em 28 de fevereiro do ano passado, próximo a Pedra do Pitoco.
José Roberto...

Foi executado em 21 de março do ano passado, em frente a Pedra do Pitoco.
Joseilton Pereira...
foi executado exatamente em frente a "Pedra do Pitoco"no dia 12 de maio.


Rogenilson, foi baleado na Avenida José Rodrigues de Jesus...
E morreu no HRA.

Foi executado em 01 de maio do 2015, na 1ª Travessa Manoel Claudino, Santa Rosa.
José Aleff...
Foi baleado na Rua do Pacífico, em 09 de Maio do ano passado, e morreu no HRA.
Adeilton Alberto, foi morto em 02 de junho de 2015...
Na rua Monte Urais.
Evilânio, foi executado em frente a um templo evangélico...

Em 05 de junho do 2015.
José Edson...
Foi executado ao lado da Pedra do Pitoco em 03 de julho do ano passado.
Fabrício Barbosa, foi morto em 24 de julho de 2015, na rua Santa Rosa.
Robenilson Rogrigues...
Foi executado no dia 07 de agosto do ano passado, na Rua do Índico, no Santa Rosa.
Paulo André, foi baleado na Rua do Índico, em 22 de agosto e morreu no HRA.
Otacílio e o amigo José Carlos, foram assassinados na noite do dia 04 de setembro, do ano passado.

José Felipe, foi morto no dia 03 de janeiro deste ano na Favela do Dnit.


O delegado Dr. Francisco Souto Maior, que preside os inquéritos, disse que todos os homicídios cometidos pelo “Nino” foi em virtude do seu envolvimento com o tráfico de drogas e que era questão de honra prendê-lo, pois ele é considerado hoje o maior bandido do interior de Pernambuco e cometeu os homicídios em série em pouco mais de um ano e isso representou quase 10% dos homicídios registrados na cidade em todo ano passado, agora a Polícia Civil vai concentrar suas ações na identificação e prisão dos comparsas do criminoso que foi submetido ao exame de corpo delito no IML, em seguida foi recolhido à Penitenciária Juiz Plácido de Souza.