TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

DONA MACAXEIRA

DONA MACAXEIRA

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

segunda-feira, 29 de maio de 2017

COLUNA A HORA DA CIDADANIA COM O DELEGADO ERICK LESSA

Resultado de imagem para erick lessa

TODOS DEVEMOS DAR AS MÃOS!

Em função das chuvas registradas nos últimos dias, foi instalado um Gabinete de Crise no governo de Pernambuco, a fim de concentrar medidas para enfrentar as questões causadas pelos alagamentos, enchentes, rompimentos de barreiras, enfim todos os transtornos causados, pela falta de previsão dos governos municipais e do próprio governo estadual, em função do volume de precipitação.

Além da instalação do Gabinete de Crise, também fora convocado todo o efetivo do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e PM para atuar em força conjunta nos municípios atingidos.

Treze municípios tiveram os maiores danos, são eles: Amaraji, Água Preta, Barra de Guabiraba, Belém de Maria, Catende, Cortes, Jaqueira, Marial, Palmares, Ribeirão, Rio Formoso, São Benedito do Sul e Barreiros.

Também foram definidas estratégias no levantamento da situação de acessos e estradas, que cortam Pernambuco, e envio de colchões, lençóis, cobertores, travesseiros e lonas plásticas, pelo governo do Estado.

Em Caruaru, vários foram os transtornos registrados, mas talvez o de maior gravidade foi o de uma mulher que ficou presa em um veículo, que foi arrastado pelas águas. O automóvel foi localizado e retirado do alagamento, no Bairro Caiucá, mas a mulher não se encontrava no interior do automóvel. Também há registro de um homem do bairro Nina Liberato, também conhecido como Lagoa de Pedra, que está desaparecido.

Muitos dão sua opinião, principalmente nas redes sociais lamentando a quantidade de chuvas e os transtornos, que segundo eles, são causados pela precipitação pluviométrica. Precisamos lembrar, que Pernambuco sofre há quase 7 anos com a estiagem, e no momento que Deus nos abençoa com essa quantidade de chuvas, que sem dúvidas está recompletando nossos reservatórios e garantindo que possamos ter dias melhores, principalmente em relação ao abastecimento de água em Caruaru e região, a falta de planejamento, sistemas adequados de drenagem e esgotos, e até captação de águas por parte do poder público, de todas as esferas, são os verdadeiros causadores de tão sérios transtornos.

Percebe-se, ainda assim, um esforço por parte do governo do Estado, com a criação de um Gabinete de Crise, além da tomada de medidas emergenciais para conter os transtornos, mas além do Estado, é importante que os municípios, inclusive Caruaru, tome medidas concentradas com o devido planejamento, e também que os cidadãos se mobilizem para ajudar os desabrigados e os que passam necessidade.

Com uma melhor organização por parte do poder público municipal, inclusive definindo um local para que possa concentrar as ações e distribuir de maneira estruturada as doações, que serão muitas, em função da generosidade do nosso povo, poderemos enfrentar com mais organização esse momento de crise. Portanto, devemos dar as mãos e ajudar quem mais precisa, num período como esse.


Fica a reflexão. Fique atento à próxima edição da Hora da Cidadania, que é divulgada todas as segundas-feiras. Você pode dar sugestão de temas, fazer críticas e elogios através do e-mail: ericklessa04@gmail.com.

CASA DA ESFIHA