AUTO VIP

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

DRIVE TOUR BRASIL

DRIVE TOUR BRASIL

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

COLUNA OPINIÃO DE MULHER COM A ENFERMEIRA E PROFESSORA UNIVERSITÁRIA NAYARA SOUSA



CRIANÇA ESTUPRADA TRÊS VEZES EM CARUARU!

A Polícia Civil investiga estupros cometidos contra uma criança de 12 anos em Caruaru. A menina teria sido violentada primeiramente por um jovem de 19 anos, cunhado da vítima, que ao ver a criança passar por sua residência, a forçou a entrar na casa e a estuprou. Segundo relatos, o homem estuprou a menina duas vezes, em dias seguidos. O criminoso foi preso após denúncia e realização de perícia sexológica e traumatológica.

Após o fato, a família da vítima estaria frequentando uma igreja em busca de reestruturação e um casal se dispôs a ajudar e ganhou a confiança da menina e de seus parentes. A criança vinha sendo acompanhada pela mulher e foi até sua residência, ao chegar ao local à mesma não se encontrava e o seu marido a convidou para entrar na casa. A criança foi violentada pelo homem que, além de cometer a conjunção carnal, lesionou o seio da vítima com uma mordida. O homem está foragido.

Estupro de vulneráveis tem se tornado algo rotineiro no Brasil e aumentado a cada instante. Muitas crianças tem tido sua infância interrompida pelas marcas do abuso e da dor. Precisamos quanto sociedade romper esse silêncio e lutar urgentemente contra crimes desse tipo. Em muitas situações, as crianças se encontram ameaçadas e aterrorizadas pelos seus agressores. E isso, em maioria, as impedem de relatarem a princípio os fatos. 

Em outros casos, são pequenas demais e não podem falar. Em situações suspeitas, que possamos denunciar, cobrar dos nossos governantes ações mais eficazes de combate e estarmos atentos as nossas crianças. Fica o nosso clamor por justiça e o alerta as famílias!

Essa foi minha opinião de mulher de hoje. Participe conosco enviando suas dúvidas, questionamentos e sugestões para dra.nayarasousa@hotmail.com.