AUTO VIP

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

DRIVE TOUR BRASIL

DRIVE TOUR BRASIL

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

COLUNA OPINIÃO DE MULHER COM A ENFERMEIRA E PROFESSORA UNIVERSITÁRIA NAYARA SOUSA



JAIR MESSIAS BOLSONARO, O NOVO PRESIDENTE DO BRASIL

Terminada em sua totalidade as eleições, os palanques começam a ser desmontados. O Brasil ao cumprimento de sua democracia elegeu Jair Messias Bolsonaro (PSL), o 38º Presidente com 55,13% de votos válidos, contra Fernando Haddad que teve 44,84%. Após meses de muitos embates, especulações, manifestações, Fake News espalhadas contra e a favor de ambos os candidatos, o principal processo democrático do país é concluído.

Nitidamente, a nação esteve dividida, em uma das eleições mais turbulentas dos últimos tempos. Sob o discurso de combate à corrupção e com uma expressiva oposição, o Presidente eleito do Brasil arrebatou milhares de votos. Um cenário de desgaste político e anseio da população pelo novo, contribuiu de forma significativa para o resultado. Bolsonaro acertou em suas estratégias, quando deixou transparecer a simplicidade de sua campanha, sem grandes estruturas como é esperado por candidatos nesse escalão, explorando as redes sociais e se aproximando dos seus eleitores com uma linguagem fácil. 
Fazendo assim ganhar uma legião de seguidores. Bolsonaro formou-se na Academia Militar das Agulhas Negras em 1977 e serviu nos grupos de artilharia de campanha e paraquedismo do Exército Brasileiro. Tornou-se conhecido do público em 1986, quando escreveu um artigo para a revista Veja onde criticava salários de oficiais militares. Por causa disto foi preso por quinze dias, apesar de ter recebido cartas de apoio de colegas do exército. Em 1990, candidatou-se a Deputado Federal pelo estado do Rio de Janeiro. Foi o candidato mais votado, com apoio de 6% do eleitorado fluminense (464 mil votos) sendo reeleito por seis vezes.

Esperamos que o candidato eleito faça um bom mandato na ocupação do cargo mais importante do país. Que como o mesmo disse em seu discurso pós-vitória, que possa unir a nação brasileira e colocar em prática uma gestão eficiente. Que as diferenças ideológicas (que não são poucas), não sejam barreiras e que os brasileiros tenham a oportunidade de viver em um país com mais equidade. Torcemos por isso!

Essa foi a minha Opinião de Mulher de hoje. Participe conosco enviando suas dúvidas, questionamentos e sugestões para dra.nayarasousa@hotmail.com.