AUTO VIP

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

CASA DO CAMPÔNES

CASA DO CAMPÔNES

CENTRAL DAS CAPAS

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

POLICIA CIVIL DEFLAGRA OPERAÇÃO EM CUPIRA E PRENDE VARIOS CRIMINOSOS ACUSADOS DE HOMICÍDIOS, LATROCÍNIOS, TRAFICO DE DROGAS E ROUBO DE CARROS





A Secretária de Defesa Social, através da Polícia Civil de Pernambuco, em cumprimento às diretrizes do Pacto pela Vida, deflagrou na manhã desta quarta-feira (13), a 52ª operação de repressão qualificada de 2017, denominada Tocandira, decorrente de investigação realizada pela Divisão de Homicídios do Agreste, sob a presidência do Delegado Bruno Vital, com assessoria do Núcleo de Inteligência do Agreste/Dintel- Diretoria de Inteligência da Polícia Civil.

As investigações tiveram início em junho de 2017, tendo por objetivo de desarticular uma Organização Criminosa voltada para prática de: Homicídios; Tráfico de drogas; Roubos qualificados; Porte e Comércio Ilegal de arma de fogo; Coação a testemunhas; Adulteração de sinais identificadores de veículos automotores e Organização Criminosa.

A referida Organização Criminosa tem atuação em diversos municípios do agreste, entre os principais, Caruaru, Panelas, Lagoas dos Gatos, Agrestina e Cupira. As investigações fora supervisionadas diretamente pela Chefia da Polícia Civil e coordenadas pela Diretoria Integrada do Interior 1.

Ao total, estão sendo cumpridos 16 (dezesseis) mandados de prisão e 09 (nove) mandados de Busca e apreensão domiciliar. Na deflagração foram empregados 90 (noventa) Policiais Civis, entre Delegados, Comissários, Agentes e Escrivães e contou com a valorosa ajuda da Policia Militar através do BEPI, BIEsp e o GATI.

O delegado Bruno Vital informou que a investigação foi iniciada em 28 de abril desse ano e identificou os seguintes criminosos: Fábio Cleyton Ferreira da Silva, vulgo “Saubinha” que é o líder da organização criminosa, que ainda tem como integrantes Tiago Antão Bezerra, vulgo “Branco”; José Henrique de Amorim Oliveira, vulgo “Rick; Luiz Carlos José da Silva, vulgo “Luiz Carlos”; Juscelino José da Silva Júnior, vulgo “Rafinha”; Mailson José Torres; Gabriel Messias da Silva Barros; josemir Silva de Souza Júnior, vulgo “Júnior Lagoa”; José Emerson Pedro da Silva, vulgo “Messon”; Idailson Marques da silva; José Genailson Gouveia, vulgo “Nenê”; Erivelton Alves da Silva, vulgo “Velton”; Paulo Roberto da silva correia, vulgo “Paulinho”; Marcelo José da Conceição; Antonio Silva, vulgo “Mateus”; Edson Luiz de França, vulgo “Buchudo”; Mikaell Alves Feitosa e Adenildo Aluísio da Silva, vulgo “Xuxa”, cinco deles já estavam presos e o policiamento prendeu outros 10 e apenas um não foi localizado. 

Os presos já estão na Penitenciaria Juiz Plácido de Souza em Caruaru.